O #Botafogo, com apenas cinco minutos de jogo, acabou com o quinto campeão da Libertadores que encontrou pelo caminho e avançou com tranquilidade para às quartas de finais da Libertadores em noite de festa no Nilton Santos (antigamente chamado de Engenhão). Pela direita aconteceu um escanteio, João Paulo cobrou e Bruno Silva de cabeça abriu o caminho da vitória aos 2 minutos do primeiro tempo. Três minutos depois, o zagueiro do nacional fez uma recuada de bola para o goleiro com pouca força e Rodrigo Pimpão correu para a bola e chegou primeiro do que o goleiro, deu um carrinho limpo e a bola foi de mansinho para o fundo das redes fazendo 2x0 para o Botafogo para o delírio da torcida que cantou alto no Nilton Santos.

Publicidade
Publicidade

O Botafogo, buscando o título inédito, continua destruindo os campeões da Libertadores e já recebeu até oapelido de "exterminador de campeões". O próximo adversário será também outro campeão, o Grêmio. O Nacional foi o quinto campeão derrotado pelo 'imparável' exterminador de campeões, o Nacional é tri campeão da libertadores com títulos em 1971, 1980 e 1988. Antes do Nacional, o Botafogo eliminou o atual campeão Atlético Nacional, Colo-Colo que foi campeão em 1991, o Estudiantes que foi campeão em 1968, 1969, 1970 e 2009 e por fim, o Olímpia campeão em 1979, 1990 e 2002.

Mas o Botafogo [VIDEO] precisa ter calma e pés no chão, nada de comemorar antes da hora, pois contra o São Paulo, o time deu um apagão e tomou três gols em oito minutos no final do segundo tempo. O Botafogo tinha a vítória nas mãos, estava vencendo por três a um e tomou a virada por quatro a três em pleno Nilton santos.

Publicidade

E três gols era exatamente o que o Nacional precisava, Roger quase ampliou para três a zero, mas o goleiro do Nacional fez boa defesa. Os uruguaios, desesperados, começaram a pressionar e foram para o tudo ou nada depois de colocar atacante no lugar de meio campista aos 35 minutos do primeiro tempo. O Botafogo na sua melhor qualidade, explorava contra-ataques e chegava com perigo ao gol do Nacional. O jogo continuou assim até o final do primeiro tempo e no segundo tempo o Nacional até conseguiu fazer com que o Gatito Fernandez tivesse que fazer boas defesas, mas sem grande perigo.

O final de jogo teve quatro expulsões e cadeiras quebradas, o lateral esquerdo Victor Luís foi expulso direto pelo árbitro Wilmar Roldán em uma confusão ao final do jogo. Polente e Rodríguez do Nacional também tomaram cartão vermelho. Nas arquibancadas os torcedores do Uruguai ficaram irritados com a torcida do Botafogo que gritava "eliminado" e chegaram a quebrar cadeiras do estádio. Com gás de pimenta a polícia reagiu e prendeu três pessoas. Aguirre também foi expulso depois de dar um pontapé em Guilherme, fazedno com tivéssemos realmente um final de jogo desagradável. #FutebolBrasileiro #Futebol