O #Corinthians foi o time brasileiro que mais avançou nas negociações para a contratação de Emerson Santos. O zagueiro, que pertence ao #Botafogo, deve mesmo acertar a sua ida para o clube paulista. Porém, o clube de São Paulo [VIDEO]não está disposto a pagar uma compensação financeira, mas, sim, liberar algum jogador para acertar a sua ida para o clube carioca.

Há alguns dias o Corinthians começou a se preocupar com o acerto, já que o diretor de #Futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, conversou com o defensor após o jogo contra o próprio Alvinegro carioca. O que se intende é que o dirigente Alviverde tentou convencê-lo a aceitar um pré-contrato para ir jogar no seu clube na próxima temporada [VIDEO].

Publicidade
Publicidade

''Nos iremos conversar novamente esta semana e ouvir o Botafogo, não queremos usar a lei, já que ele pode assinar um pré-contrato. Nós não iremos fazer isso. O Corinthians está conversando com os agentes'', afirmou Flávio Adauto, diretor de Futebol do Corinthians.

O Timão não está em um bom momento financeiro, mas tem outras coisas que podem agradar o Botafogo em uma possível troca com o defensor. Isso porque o clube paulista tem alguns jogadores emprestados a outras equipes e também alguns nomes que não estão tendo muito espaço com o técnico Fábio Carille.

Um dos nomes que poderia reforçar o meio de campo era Renato Augusto. O jogador comandou o meio de campo do Atlético Mineiro e acabou sendo contratado para jogar em Itaquera, mas ainda não conseguiu mostrar o seu futebol e poderia ser envolvido em uma negociação.

Publicidade

Além dele, o atacante Clayton poderia ser um dos nomes a ser oferecidos ao Botafogo, restando apenas saber o número de jogos disputados no Brasileirão.

Hoje, o Corinthians está em busca de mais um nome para o setor defensivo. Isso porque o Pablo, titular absoluto, acabou se machucando e o seu reserva, Vilson, também se recupera de lesão, diminuindo as opções do técnico Fábio Carille.

O jovem jogador se destacou principalmente na temporada passada, mas não conseguiu um acordo com o Botafogo para a renovação do seu vínculo e deve sair sem gerar uma grande compensação ao Glorioso. O seu contrato é válido somente até dezembro. Por isso, ele pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe nesse momento e sair de graça no próximo ano.

Ele é visto como uma grande revelação e tem muito a crescer ainda. Outros times do futebol brasileiro também já demonstram interesse, mas nenhum chegou tão perto do acordo quanto o Corinthians.