O Palmeiras [VIDEO] tem jogo importante na próxima quarta-feira. Alguns torcedores consideram o principal jogo do ano por conta das proporções que o duelo tomou. Eliminado da Copa do Brasil pelo Cruzeiro e distante da primeira colocação no Campeonato Brasileiro, a Copa #Libertadores da América se tornou o real objetivo do ano.

No começo de 2017, diretoria, comissão técnica e torcedores já traçaram o torneio continental como a grande 'menina dos olhos'. Mas o caminhar dos meses foi mostrando que a dificuldade existe e que acertar a equipe iria complicar um pouco. Eduardo Baptista começou como treinador e foi demitido, deixando para Cuca o serviço de avançar nas competições.

Publicidade
Publicidade

No primeiro jogo das oitavas contra o Barcelona-EQU, o Verdão tentou segurar o empate em 0 a 0 mas não conseguiu. No fim, os donos da casa marcaram e abriram margem no placar.

Problemas para Cuca resolver

Antes do jogo contra o Atlético-PR pelo Brasileiro, Cuca resolveu poupar alguns jogadores. Entre eles o lateral Mayke, que chegou [VIDEO] bem e tomou a posição. No domingo pela manhã, o treinador comandou treino na Academia de #Futebol para os titulares e viu o jogador se machucar. Torceu o tornozelo e deixou o campo com bastante dor. O atleta passará por exames e nesta terça terá o "veredito" final.

Cuca adiantou que se Mayke não jogar, Jean, Fabiano e Tchê Tchê lutarão por uma vaga no setor. Tchê Tchê seria reserva por natureza e poderá assumir. A comissão técnica, no entanto, lamenta a provável ausência do atleta no jogo decisivo.

Publicidade

Vai lotar

A torcida do #Palmeiras vai lotar o Allianz Parque mais uma vez, com expectativa até maior do que os outros jogos. Mais de trinta e seis mil ingressos foram vendidos de forma antecipada, e até o início do jogo, às 21h45 desta quarta-feira, o Alviverde deverá ter negociado todas as entradas para a partida.

Os palmeirenses estão organizando uma grande festa com mosaíco e bandeiras. A preparação deve ocorrer a partir desta segunda-feira na arena alviverde.

Expectativa

A diretoria do Palmeiras tem enorme expectativa pela classificação palmeirense. A patrocinadora, Crefisa, também aguarda a passagem do time. Se a eliminação chegar no Allianz Parque, Maurício Galiotte, presidente do clube, deve ser extremamente pressionado por sócios e conselheiros. Galiotte teve nas mãos mais de R$ 100 milhões e aplicou no time que, até agora, não caminhou da forma como os torcedores gostariam.