O zagueiro Dedé foi um dos mais disputados do Brasil desde que vestia a camisa do Vasco [VIDEO]. Porém, depois da sua ida para o #Cruzeiro, as coisas mudaram e não são mais as mesmas. Sem conseguir uma sequência no time titular, o zagueiro usou o Twitter para agradecer ao apoio que vem recebendo de alguns torcedores, mas também lembrou as acusações que recebe de outros.

''Muitos torcedores não entendem e outros também não irão ligar, mas irei deixar a minha mensagem para aqueles que acham que eu estou feliz fazendo tratamento e também acham que eu não quero voltar. Eu deixo claro que eu não sou e também nunca fui acomodado.

Publicidade
Publicidade

Essa lesão veio quando eu estava me sentindo bem, tanto jogando, quanto de lesões. A cada dia de treinamento eu acreditava que não me machucaria mais, mas infelizmente me machuquei e isso está sendo muito difícil'', postou o ex-zagueiro vascaíno.

Por conta do seu mau momento em Belo Horizonte, diversos vascaínos pedem a sua volta para São Januário, onde ele foi muito feliz na época em que vestiu a camisa do Gigante da Colina. Desde a sua ida para o Cruzeiro, Dedé teve muitas lesões graves, que o tiraram dos gramados por um grande período. Depois de passar um bom tempo fora, ele voltou a jogar em uma partida contra o Santos, mas acabou se machucando novamente. Desde então não consegue voltar a jogar e vê o seu time muito instável no Campeonato Brasileiro [VIDEO], não conseguindo uma grande sequência de vitórias.

Publicidade

Sabendo disso, os torcedores do #Vasco pedem a sua volta. O jogador se destacou no time carioca em 2011, quando ao lado de Anderson Martins, formou a melhor dupla de zaga do #Futebol brasileiro. O jogador conquistou títulos e fez uma ótima campanha na Libertadores.

Hoje, o Vasco conta com Anderson Martins, o seu companheiro de zaga dos velhos tempos. Por conta disso, vários torcedores alimentam o sonho de ver a dupla novamente em São Januário ajudando o time na disputa do Brasileirão.

O Vasco sofreu muito com o sistema defensivo, mas hoje conta com bons nomes que tendem a trazer muita dificuldade aos atacantes adversários. O time de Dedé, o Cruzeiro, luta para conquistar uma vaga na final da Copa do Brasil, na qual enfrentará o Grêmio. O clube mineiro também é um adversário direto do Vasco na disputa por uma vaga na próxima Libertadores.

Com a camisa cruz-maltina, o defensor jogou por 160 vezes, marcando 19 gols e deixando assim um sentimento de saudade no torcedor vascaíno.