Publicidade
Publicidade

Empatados com 23 pontos na oitava colocação, Vasco e Cruzeiro se encontram nesta quinta-feira (3), às 20 horas, no estádio Raulino de Oliveira, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro [VIDEO] buscando se recuperarem de tropeços em casa na rodada passada. Jogando no mesmo estádio o time carioca perdeu para o Atlético Paranaense, enquanto que a Raposa empatou sem gols com o Vitória no Mineirão.

O técnico Milton Mendes pode se ver obrigado a fazer mudanças em relação ao time que jogou na segunda-feira (31), contra o Furacão. Bruno Paulista e Ramon não estão confirmados e caso não possam entrar em campo, Wellington e Henrique são as opções.

Publicidade

Recuperado de uma lesão na coxa, Wagner está pronto para voltar e poderá ocupar a vaga de Guilherme.

O provável #Vasco que começará jogando deverá ter Martín Silva no gol, a defesa formada por Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Ramon ou Henrique. O meio de campo terá Jean, Wellington, Escudero, Vagner e Mateus Vital ou Paulinho. Na frente Paulo Vitor ou Thalles.

No Cruzeiro, a missão dos comandados do técnico Mano Menezes é quebrar um jejum de quatro partidas sem vitória, o que fez o time a se distanciar do G-6 e não ficar com uma posição cômoda em relação à zona de rebaixamento. Mesmo tendo como foco as semifinais da Copa do Brasil, o time não quer correr o risco de ter que participar de uma briga inesperada e por conta isso irá para Volta Redonda com o que tem de melhor à disposição.

Os mineiros deverão entrar em campo com Fábio no gol, Lucas Romero, Léo, Murilo e Bryan formando a defesa.

Publicidade

Henrique, Lucas Silva e Thiago Neves formarão o meio de campo. Na frente Rafinha, Élber e Sassá.

A arbitragem será paulista e ficará sob responsabilidade de Vinicius Gonçalves Dias Araújo. Ele será auxiliado por Rogerio Pablos Zanardo e Herman Brumel Vani.

Em casa, mas nem tanto

O Estádio de São Januário estava sendo a grande arma do Vasco em sua segura campanha no Campeonato Brasileiro da Série A. Em sete jogos, o time só perdeu para o líder Corinthians e para o Flamengo. E foi justamente por conta da briga ocorrida no clássico que a equipe ficou sem seu importante aliado.

Mesmo ainda jogando no Rio de Janeiro, mas em outros estádios o aproveitamento despencou, o cruz-maltino conquistou apenas um ponto nos dois jogos que fez. Já nas partidas que fez como visitante, a equipe conquistou apenas sete pontos, obtidos com triunfos sobre Vitória e Atlético Mineiro e um empate contra o Coritiba. #Atletico-MG #Brasileirão