O torcedor vascaíno pediu a volta de Nenê [VIDEO]durante a derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro, na última quinta-feira (3). Porém, até o momento o seu futuro continua sendo uma incógnita em São Januário. Ele pediu para não enfrentar o São Paulo e, por conta disso, não foi mais relacionado e não tem nenhuma indicativa que isso irá mudar.

Enquanto o camisa 10 continua treinando separadamente, alguns dos seus companheiros fazem o apelo para a sua permanência, exaltando a sua importância dentro do grupo de jogadores.

''Todos nós sabemos a sua importância dentro do #Vasco. Sua qualidade técnica e profissionalismo não tem o que se discutir.

Publicidade
Publicidade

A forma que trabalha duro no dia-a-dia, se entrega, até mesmo quando foi para a reserva. Muitos o questionavam, mas ele estava tranquilo. Agora foi outra coisa. O atleta não gosta de expor o que está passando'', afirmou Jean, atleta vascaíno, em entrevista ao jornal Lance!

O seu empresário afirmou ao canal Esporte Interativo que a volta do camisa 10 aos gramados depende exclusivamente do Vasco. O jogador acabou não ficando muito bem em relação à diretoria, que pretende negociá-lo. Sem falar do técnico Milton Mendes, que não conta com o jogador na sequência da temporada e isso deixa as coisas complicadas.

Quando o time perdia para o Cruzeiro [VIDEO], na última quinta-feira, os torcedores presentes ecoavam o pedido da volta do atleta. Assim, aumentou a pressão sob os dirigentes e também sob a comissão técnica.

Publicidade

Vale lembrar que o meia já completou os sete jogos com a camisa vascaína. Por conta disso, não pode se transferir para outra equipe da primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Com a sua grande qualidade técnica, muitos gols e assistências, o torcedor vê o time sem experiência, já que hoje conta com vários jogadores da base, mas ainda não sabem conviver com a pressão do torcedor. Nenê tem um dos maiores salários, fazendo o caso se tornar um péssimo negócio, já que o Vasco paga cifras altas para deixá-lo no banco de reservas.

A expectativa para os próximos jogos é que ele ainda continue fora dos planos. O torcedor perdeu a paciência com Eurico Miranda e isso já está chegando ao técnico Milton Mendes. No mesmo dia em que os torcedores pediram o retorno do camisa 10, o técnico foi vaiado e juntamente com o presidente Eurico.

O torcedor vascaíno ainda tem um sonho de ver o seu time na próxima Libertadores da América, mas, para isso, é necessário o máximo possível de bons jogadores formando o elenco para o restante da temporada. #Futebol #Brasileirão