Publicidade
Publicidade

Uma notícia no mínimo inusitada foi publicada, neste domingo (6), pelo site do jornal El País. De acordo com a publicação, o presidente do Nacional do Uruguai estaria buscando informações sobre o volante Felipe Melo, afastado do elenco do Palmeiras após problemas com o técnico Cuca [VIDEO]. No entanto, o time paulista duvida que a informação [VIDEO] seja verídica.

Além de dizer que o clube da capital uruguaia tinha interesse no jogador, a publicação disse ainda que a ideia de ir jogar no país vizinho agradaria o treinador. Vale lembrar que logo em sua apresentação o jogador deu uma polemica declaração, afirmando que se preciso “daria tapa na cara de uruguaio”.

Publicidade

E de fato ele fez isso logo em seu primeiro jogo naquele país, quando se envolveu em uma briga com jogadores do Peñarol, grande rival do Nacional, após um jogo da fase de grupos da Copa Libertadores. O “cumprimento da promessa” rendeu ao palmeirense três jogos de suspensão na competição continental.

Em entrevista a um canal de TV a cabo neste domingo, o diretor de futebol Alexandre Mattos disse que não recebeu qualquer contato de representantes do Nacional, que nesta semana enfrenta o Botafogo pela Copa Libertadores. Mattos acha muito difícil que Felipe seja aceito no time de Montevidéu, ainda mais por conta de tudo que aconteceu.

Enquanto não encontra um novo clube, Felipe Melo segue treinando na academia de futebol do #Palmeiras.

Problemas para quarta

Nem mesmo escalar um time totalmente reserva na partida deste domingo, contra o Atlético Paranaense, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, livrou o técnico Cuca de problemas.

Publicidade

Durante uma atividade realizada pela equipe titular nesta manhã, na Academia de Futebol, o lateral-direito Mayke torceu o tornozelo e virou dúvida para a partida decisiva da próxima quarta-feira (9), contra o Barcelona do Equador, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Caso ele não se recupere, Jean e Fabiano são alternativas para substituí-lo.

Outra baixa para o duelo contra os equatorianos pode ser o zagueiro Juninho. Ele foi um dos jogadores escalados para o jogo contra o Furacão e também torceu o tornozelo, tendo que deixar a partida ainda no primeiro tempo. Em seu lugar entrou Antônio Carlos.

Atuando com um time totalmente reserva, o Palmeiras foi derrotado pelo Atlético Paranaense por 1 a 0, no Allianz Parque. Mesmo com o tropeço, o Verdão segue na quarta colocação, com 32 pontos, mas viu o Corinthians abrir 15 pontos de vantagem e o Grêmio, vice-líder, se distanciar um pouco mais.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a jogar no próximo domingo (13), quando vai até Volta Redonda encarar o Vasco, já na abertura do returno. Antes, o Verdão faz na quarta-feira (9) o jogo decisivo conta o Barcelona, precisando vencer por dois gols de diferença para se classificar. Se vencer por 1 a 0, a vaga nas quartas de final será discutida nas penalidades. #Brasileirão #Mercado da bola