Publicidade
Publicidade

Engana-se quem pense que o desmanche no elenco do São Paulo pode ter acabado [VIDEO]. De acordo com notícia publicada pelo portal UOL Esporte, o meia Wesley recebeu uma proposta de um time do Oriente Médio e nos próximos dias pedirá sua rescisão de contrato com o Tricolor, o qual tem acordo válido até o final do ano que vem. O futebol do jogador agrada ao técnico Dorival Júnior [VIDEO], porém após o jogador entrar em acordo com a diretoria do time, demostrando o desejo de se transferir para outro clube, passou a não mais ser relacionado para os jogos. Mesmo assim, ele segue treinando junto com o elenco.

A notícia que ele desejava rescindir seu contrato com o São Paulo vazou no dia 20 do mês passado.

Publicidade

Des desde então, alguns clubes brasileiros e um do Oriente Médio demostraram interesse pelo futebol do jogador. O time paulista, até se dispôs a seguir pagando parte dos salários do jogador.

Wesley, que já chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira, ainda na época que jogada no Santos, dirigido pelo próprio Dorival, tem sido muito criticado pelos torcedores e recebendo poucas oportunidades. Ele chegou ao clube em 2015, tendo feito desde então 85 partidas, mas apenas três no atual #Brasileirão.

Mais problemas

Não bastassem os problemas dentro de campo e ter virado o primeiro turno na zona de rebaixamento, o São Paulo ganhou mais um problema para o inicio do returno do Campeonato Brasileiro. Na primeira atividade da semana, realizada nesta terça-feira (8), o lateral-direito Araruna sofreu um estiramento na coxa Araruna sofreu estiramento na coxa direita e ficará fora de três a quatro semanas.

Publicidade

Com isso, ele deverá perder os duelos contra o Cruzeiro, no próximo domingo, no Morumbi, contra o Avaí, no dia 20, na Ressacada, do clássico contra o Palmeiras, marcado para o dia 27, e talvez do confronto contra a Ponte Preta, esses dois últimos também no estádio do Morumbi.

Contas

Com 19 pontos em 19 jogos, e ocupando a 17ª colocação no Campeonato Brasileiro, o São Paulo terá que apresentar no segundo turno aproveitamento bem melhor para escapar da Série B. Desde quando passou a ser disputado em pontos corridos com 20 clubes, nenhum time foi rebaixado com 46 pontos. Assim, o Tricolor precisaria de mais nove vitórias, ou 27 pontos, para não correr qualquer risco de queda.

A missão já começa no próximo domingo (13), quando o time recebe o Cruzeiro, às 11 horas, no estádio do Morumbi. No primeiro turno a equipe celeste venceu por 1 a 0, no Mineirão. #São Paulo FC #Mercado da bola