“Após derrota, Portuguesa demite treinador”. Pela terceira vez neste ano, a referida frase estampou as manchetes de jornais esportivos e sites nesta sexta-feira (11). Depois de perder por 1 a 0 para o Água Santa, no Canindé, jogo válido pela sétima rodada da #Copa Paulista, a diretoria da Lusa anunciou a saída do técnico Mauro Fernandes. Ele foi o terceiro profissional a passar pelo time apenas neste ano. Junto com ele, também foi demitido o auxiliar técnico Luiz Henrique.

Tendo brigado para não cair para a Série A-3 do Campeonato Paulista – escapando apenas na última rodada e no saldo de gols -, além de ser eliminada prematuramente na Copa do Brasil e cair na fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D, restou ao time do Canindé apenas a Copa Paulista, cujo título dará uma vaga na quarta divisão nacional.

Publicidade
Publicidade

E nem nesta competição, considerada secundária, a troca de comando passou imune.

Roberto Fernandes tinha assumido a Lusa no dia 30 de maio, em substituição a Estevam Soares, para tentar levar a Lusa para a segunda fase da Série D. Mesmo não obtendo sucesso, o técnico foi mantido para a Copa Paulista, na qual a #Portuguesa até apresentou bom rendimento no começo. Com a derrota para a equipe de Diadema, a Lusa perdeu a chance de assumir a liderança do grupo 3 e caiu para o terceiro lugar, com 13 pontos em sete jogos. Se não conseguir o título, a Lusa ficará sem divisão nacional em 2018 pela primeira vez em sua história.

Com uma nova diretoria, a Portuguesa apresentou Tuca Guimarães como seu treinador para a disputa da Série A-2 do Campeonato Paulista, mas sua passagem durou até o inicio de março, quando ele deixou o Canindé após três derrotas seguidas, apenas três vitórias em nove jogos no estadual, e a queda precoce na Copa do Brasil.

Publicidade

Soares chegou para seu lugar, mas não conseguiu classificar o rubro-verde para as semifinais e ainda teve que passar apuros para não ser rebaixado. Ele seguiu para a Série D do Brasileiro, mas durou apenas duas rodadas, sendo demitido depois da derrota para o Bangu e de ter ficado apenas 12 partidas comandando o elenco.

A Portuguesa volta a jogar na Copa Paulista no próximo domingo (13), quando irá até Santos encarar seu xará, às 10 horas, no Ulrico Mursa, em Santos, pela abertura do returno da competição. Assim como seu homônimo da capital, a Lusa Santista também atravessa muitos problemas e está na lanterna do grupo, com apenas dois pontos ganhos. #Técnicos