O #Palmeiras [VIDEO] está eliminado da #Libertadores. Após dura partida na Arena #Palmeiras, diante de mais de 38 mil torcedores, contra a equipe equatoriana do Barcelona Guyaquil e vitória no tempo normal por 1 a 0 - com gol de #Moisés [VIDEO] - a equipe alviverde levou a partida para os penais, depois de ter sido derrotada pelo mesmo placar no jogo de ida, realizado em Guayaquil.

Na disputa de penalidades máximas, o Verdão acabou derrotado por 5 a 4 para os visitantes. Os meias Guerra, Tchê Tchê e Moisés, além do atacante Keno conseguiram marcar. O volante Bruno Henrique (ex-Corinthians) e o lateral-esquerdo Egídio foram os responsáveis pelas cobranças desperdiçadas.

Publicidade
Publicidade

Jonantan Álvez, Oyola, Castillo, Caicedo e Ayoví marcaram para o Barcelona. Damián Díaz parou em Jaílson.

Após a última cobrança, de Egídio, defendida pelo goleiro Banguera, a torcida palmeirense ficou bastante irritada e começou a xingar e vaiar o atleta.

O jogo

Em duelo bastante equilibrado, Palmeiras e Barcelona Guayaquil fizeram uma partida dura, com chances para os dois lados, inclusive com uma bola na trave para cada equipe. O time palmeirense se mostrou bastante nervoso e alçou muitas bolas na área adversária. Antes dos 40 minutos de jogo, houve o desfalque do zagueiro Yerry Mina que saiu de campo lesionado e foi substituído por Edu Dracena.

No segundo tempo, com a entrada de Moisés no lugar de Roger Guedes, a equipe alviverde se acalmou e se organizou um pouco, principalmente após o gol do camisa 10, logo aos seis minutos.

Publicidade

Esgotado em campo e com problemas físicos, o meia-atacante Dudu teve de ser substituído pelo meia venezuelano Alejandro Guerra. A equipe equatoriana, acostumada a jogar no contra-ataque, respondia sempre com jogadas rápidas pelas pontas, criando bastante perigo para a defesa palmeirense. O jogo seguiu tenso até o fim, sendo levado para os pênaltis.

O Barcelona acertou as suas quatro primeiras penalidades. Alvez, Oyola, Castillo e Caicedo. O Palmeiras acertou com Guerra, Tchê Tchê e Keno. Bruno Henrique perdeu. Jailson defendeu a cobrança de Damian Díaz. Moisés empatou em 4 a 4. Nas alternadas, Ayoví marcou para os equatorianos e Egídio perdeu. Palmeiras eliminado. Barcelona aguarda por outro brasileiro nas quartas que sairá do duelo entre Santos e Atlético-PR.

Palmeiras 1 (5) x (4) 0 Barcelona-EQU

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Data: 09/08/2017

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Néstor Pitana (Argentina)

Gol: Moisés, aos 7 minutos do 2º tempo

Cartões amarelos: Edu Dracena e Thiago Santos (Palmeiras); Castillo, Oyola e Caicedo (Barcelona)

Palmeiras: Jailson; Tchê Tchê, Mina (Edu Dracena), Luan e Egídio; Bruno Henrique e Thiago Santos; Róger Guedes (Moisés), Dudu e Keno; Deyverson.

Técnico: Cuca

Barcelona: Banguera; Velasco, Aimar, Arreaga e Pineida (Valencia); Minda (Segundo Castillo) e Oyola; Ayoví, Castillo (Damián Díaz) e Caicedo; Jonatan Alvez.

Técnico: Guillermo Almada. #Futebol