O Palmeiras [VIDEO]foi eliminado da Copa Libertadores da América diante do Barcelona-EQU no Allianz Parque na última quarta-feira. Desde o apito final que confirmou a queda, o presidente Maurício Galiotte tem recebido diversas ligações e pressões de todas as partes.

Dois dias após a eliminação, o presidente participou, ao lado de Alexandre Mattos, de um evento na sede social do #Palmeiras em comemoração de inauguração do novo restaurante, localizado no quinto andar do prédio administrativo. Mattos ouviu alguns protestos enquanto se dirigia para a entrada do local.

Galiotte ainda não enfrenta grande resistência, mas é muito cobrado para efetuar mudanças.

Publicidade
Publicidade

Mustafá Contursi, ex-presidente do clube e padrinho político de Leila Pereira, dona da Crefisa e da Faculdade das Américas, faz uma enorme pressão pela demissão de Mattos. Contursi entende que o executivo gastou muito dinheiro e teve pouco resultado, não se preocupando com o caixa do clube e nem em fazer um planejamento ideal.

Fiz tudo que o palmeirense faria

Em entrevista para o jornalista Paulo Vinícius Coelho, Galiotte disse que fez tudo que qualquer palmeirense faria. Ele citou [VIDEO] a questão de trazer o técnico Cuca de volta e justificou a chegada de Eduardo Baptista afirmando que, na época, nenhum técnico experiente estava desempregado. Abel Braga, que tinha nome muito especulado, preferiu acertar com o Fluminense e frustrou os planos do atual mandatário alviverde.

Galiotte também confirmou que os gastos com salários não aumentaram no Palmeiras.

Publicidade

O custo com contratações sim, teve uma acréscimo importante. Só com Miguel Borja foram gastos mais de R$ 30 milhões.

Novo reforço

Emerson Santos, zagueiro que atualmente defende o Botafogo-RJ, é o novo reforço do Palmeiras para a temporada 2018. O jogador aceitou a proposta alviverde que incluiu luvas e salário maior do que recebe atualmente no Rio de Janeiro. A negociação teve um fator de dificuldade diferenciado, que foi superar a proposta emitida pelo Corinthians. O alvinegro paulista já tinha diálogo bastante avançado com o atleta, até quando o Palmeiras entrou e ofereceu valores maiores.

Em 2015 o Palmeiras também aplicou 'chapéu' no Corinthians ao anunciar o atacante Dudu. Com contrato nas mãos do rival, o jogador saiu de Porto Alegre e fechou com o Palmeiras dentro do avião, surpreendendo à todos que estavam aguardando a sua chegada. Naquele momento Mattos mostrou seu 'cartão de visitas' e empolgou a torcida alviverde. #Futebol #Brasileirão