O Flamengo conheceu mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Em jogo válido pela 19ª rodada, disputado na Ilha do Urubu, o Rubro-Negro foi batido pelo Vitória por 2 a 0, conhecendo sua segunda derrota no estádio que escolheu para mandar suas partidas e ainda viu a distancia para o líder Corinthians aumentar para 18 pontos. Após o apito final, a torcida voltou a protestar, pedindo a saída do técnico Zé Ricardo.

Parte dos torcedores foi protestar em frente ao camarote em que se encontrava o presidente Eduardo Bandeira de Mello, que deixou o estádio sem falar com a imprensa, tampouco dar qualquer posição sobre a situação do treinador.

Publicidade
Publicidade

Segundo notícia publicada pelo site Globo Esporte, a diretoria deu informação oficial assegurando que o treinador segue no comando do Rubro-Negro.

Cercada de muita expectativa, a entrevista coletiva de Zé Ricardo foi breve, durando cerca de dez minutos. Visivelmente abatido, o treinador admitiu que o time não fez boa apresentação e que os últimos resultados fora ruins. “A gente vinha fazendo jogos e os resultados não aconteciam, mas tínhamos uma performance boa”, explicou o técnico. “Hoje infelizmente não alinhamos performance, nem resultado”, - completou.

Entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil já são cinco quatro jogos sem vitória, sendo apenas um empate, contra o Corinthians, neste período. No #Brasileirão apenas uma vitória nos últimos sete jogos, o que fez o time sair da condição de brigar pelo título a ter sua presença no G-6.

Publicidade

O #Flamengo é o quinto colocado com 29 pontos, um a mais que o Sport, que ontem perdeu para o Corinthians, mas pode ser ultrapassado pelo Cruzeiro, que neste domingo pega o time misto do Botafogo.

Sobre as cobranças dos torcedores, Zé Ricardo falou que respeita as críticas, mas que isso não irá nortear seu trabalho. “Tenho as minhas convicções e continuamos trabalhando em cima de treinamento”, disse. Para ele, se o profissional não tiver confiança, não pode trabalhar em um time da grandeza do Flamengo.

O próximo compromisso do Flamengo será domingo (13), às 16 horas, no estádio do Mineirão contra o Atlético Mineiro, já pela abertura do returno. Para este duelo, o treinador não poderá contar com o meia Diego, que recebeu contra o Vitória o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão.

Antes desse duelo, no entanto, o Flamengo volta a jogar na Ilha do Urubu, quando recebe o Palestino do Chile, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Como venceu o jogo de ida por 5 a 2, o Rubro-Negro poderá até perder por 3 a 0 ou 4 a 1, que mesmo assim estará classificado por conta dos gols marcados fora de casa. #Ze Ricardo