Usain Bolt, de 30 anos, é um verdadeiro fenômeno mundial. Neste sábado (5), aconteceu a despedida dele do esporte. Bolt, que é uma grande lenda, acabou perdendo pela primeira vez em um evento importante. Com menos de 10 segundos, Usain acabou sendo vítima de uma dobradinha americana após ter ganho tantos ouros em sua carreira.

Despedida de Usain Bolt termina em derrota e fãs não acreditam: 'Não é possível, ele perdeu'

Entre todos os campeonatos mundiais e olimpíadas que participou, #Usain Bolt ganhou 19 de 21 medalhas de ouro possíveis. O jamaicano foi o primeiro do planeta a fazer um tempo inferior a dez segundos, ganhando o apelido de "o raio".

Publicidade
Publicidade

Foram muitas as vezes que ele bateu o recorde mundial, mas o atleta foi ficando velho e decidiu parar enquanto ainda conseguia competir entre os grandes. Na sua despedida, nesse sábado, o público não acreditou na derrota do #Corredor. O nome de Bolt, rapidamente, ficou entre os temas mais comentados da internet. No Twitter, o seu nome ficou entre os mais comentados.

Usain Bolt já dava sinais de cansaço antes mesmo de grande final

Usain, na semifinal, que classifica os oito corredores para fazer os 100 metros, já dava sinais de que algo poderia sair errado. Ele ficou em segundo lugar nas eliminatórias, perdendo para o jovem Christian Coleman. Na final, uma dobradinha americana passou o corredor. Foi necessário o uso de foto para ter certeza quem realmente havia ganho a disputa. Usain até tentou mostrar que era capaz de ultrapassar os adversários, mas acabou não conseguindo.

Publicidade

Com ar pensativo e triste, ele acabou fazendo sua despedida das corridas.

Gatlin estraga a festa de Bolt e é campeão mundial dos 100m em Londres

Christian, que já havia passado Bolt na semifinal dos 100 metros no mundial, acabaria ficando com a medalha de prata. Outro americano, Gatlin, venceria a disputa e estragaria a festa do jamaicano. Em entrevistas, Gatlin fez questão de reverenciar o grande mito que Usain havia se tornado. Essa é a prova em que Usain é especialista. Ele ainda vai participar do revezamento 4 por 100 da Jamaica, mas como última corrida solo, Usain saiu triste e com a incumbência de tentar algo melhor na próxima. A campanha de Bolt em Londres começou tranquila. Neste ano, nada de lesões, nenhum adversário específico com marcas que assombrassem seu favoritismo. No entanto, a idade e a melhora dos candidatos rivais foram o que o atrapalharam.

Veja abaixo um vídeo que mostra a última corrida de Usain Bolt: