Publicidade
Publicidade

O #Vasco da Gama liga novamente o sinal de alerta no clube, já que em uma mesma semana o clube enfrentou a segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro [VIDEO]. O clube vem jogado [VIDEO] no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, já que o clube não pode utilizar o estádio de São Januário, que está interditado desde as confusões que resultaram na morte de um torcedor vascaíno, no jogo contra o Flamengo, pela 12° do brasileirão.

Na segunda-feira (31), o clube perdeu o jogo para o Atlético Paranaense, pelo placar de 1x0, e esta derrota para os paranaenses implicou na complicação do posicionamento do Vasco na tabela.

Publicidade

Ter perdido para o Atlético Paranaense e, em seguida, para o Cruzeiro, na noite desta quinta-feira (3), impossibilitou o gigante da colina de reentrar na zona do G6, zona que permite o acesso à vaga na Copa Libertadores da América de 2018.

Atualmente, o clube carioca ocupa a 9° posição da tabela, com 23 pontos conquistados em 18 partidas, o que caracteriza um aproveitamento de 42.6%. Apesar da diferença de pontos para o 6° colocado, o Sport, que é o primeiro na zona do G6,, o clube está a apenas 4 pontos de distância do 17° colocado, o São Paulo, que é o clube que está na primeira posição da zona de rebaixamento. E isso já liga o sinal de alerta em São Januário, já que o clube vem do seu 3° rebaixamento.

Diretoria e comissão técnica explicam planejamento

A diretoria do Vasco da Gama, representada pelo vice-presidente de #Futebol, Eurico Brandão, o Euriquinho, e o diretor executivo de esporte, Anderson Barros, falaram com a imprensa e explicaram os novos posicionamentos que a equipe vai ter, referente ao planejamento para o departamento de futebol do clube, afim de honrar promessas feitas desde o início do ano.

Publicidade

Como não poderia passar em branco, um dos principais assuntos debatidos foram as seguidas falhas da defesa da equipe e a manutenção ou não de Milton Mendes no cargo de treinador.

A princípio o mandatário vascaíno nega a saída do técnico e afirma que a comissão técnica, devida às lesões e falhas de alguns jogadores, pode antecipar a reestreia do zagueiro Anderson Martins. A reestreia do jogador pode acontecer já no próximo domingo, no estádio Moisés Lucarelli, contra a Ponte preta.

Já extra campo, os mandatários não deram muitos detalhes de como está sendo investido o dinheiro da venda de Douglas Luiz, que foi negociado com o Manchester City por incríveis R$ 50 milhões. A única referência que o mandatário fez em relação a isso foi o emprego do dinheiro na manutenção dos projetos promover e CAPRRES base.