No começo do ano, os vascaínos pediam a contratação de novos nomes para o sistema defensivo. Depois de muito tempo, a diretoria foi atrás e trouxe alguns jogadores, como Paulão, Breno e, mais recentemente, Anderson Martins. Porém, mesmo assim, até a última rodada, contra a Ponte Preta, o clube carioca 'conquistou' a segunda posição em números de gols sofridos no #Brasileirão.

Todo mundo é questionado, todos da zaga podem sair a qualquer momento para dar oportunidade a outro jogador que possa está em melhor fase. Porém, isso não acontece com o goleiro uruguaio Martin Silva. Os números não são bons: foram 26 gols tomados no primeiro turno e apenas 3 jogos sem sofrer um gol.

Publicidade
Publicidade

Mas Martin caiu nas graças da torcida. É um jogador com muita qualidade técnica e por isso não recebe muitas críticas do torcedor vascaíno. Quando o time perde, raramente ele é criticado.

Isso pode ser explicado porque vários jogadores da defesa erram e o time não consegue uma boa atuação, então o goleiro não tem como fazer muita coisa. Mesmo quando a equipe joga mal, o uruguaio salva, fazendo [VIDEO]boas defesas e ajudando o time a não perder por mais gols.

Por conta disso, Oscar Tabáres, técnico da seleção uruguaia, dificilmente deixa Martin fora da lista de convocados para defender a seleção de Montevidéu. Na derrota da sua seleção para o Brasil, ele foi titular, mas não pode fazer muito, já que o Brasil atropelou os uruguaios na sua casa.

O jogador se destacou e não deve correr nenhum risco de perder a sua titularidade no time.

Publicidade

Com contrato válido até o ano de 2019, o #Vasco já corre para renovar o seu contrato e garantir o jogador por mais uma temporada.

Alguns torcedores que gostam do goleiro [VIDEO] afirmam que, na maioria das vezes, o uruguaio não tem culpa dos gols tomados. Hoje, o #Futebol mostra que é necessário que todos os jogadores marquem, mas isso não acontece no Vasco, deixando assim o adversário com mais espaço para fazer os gols.

Desde o ano de 2014, no Vasco da Gama, Martin Silva foi contratado após se destacar vestindo a camisa do Olímpia. Hoje, ele já soma incríveis 176 jogos com a camisa vascaína.

O Vasco agora tem uma grande sequência de jogos, duelos duros que colocarão o time em xeque e onde deseja ir nessa temporada. O primeiro é nesse domingo, quando o Cruz-Maltino enfrenta o Palmeiras. Com 24 pontos conquistados, a expectativa é que saia com mais uma vitória nessa rodada e espante para longe uma possível crise.