São Paulo [VIDEO] e Cruzeiro [VIDEO] protagonizaram na manhã deste domingo (13) um emocionante e polêmico jogo, que terminou com vitória do Tricolor por 3 a 2, diante de um público de mais de 56 mil pessoas, recorde neste #Brasileirão, o que fez o time paulista deixar a zona de rebaixamento. Após a partida, os técnicos Dorival Júnior e Mano Menezes falaram sobre suas impressões.

Feliz com o resultado, Dorival elogiou a garra e o espírito de luta do grupo. Para ele, se o time não repetir a entrega apresentada neste domingo, poderá até fazer uma apresentação superior, mas dificilmente terá resultado. “O espírito de luta tem que ter de novo”, disse.

Publicidade
Publicidade

“Se conciliarmos esse espírito com um pouco mais de lucidez e uma troca de passes mais incisiva, não tenho dúvidas que poderemos crescer”, completou.

Apesar dos elogios, o treinador também enxergou problemas, principalmente no posicionamento defensivo, que merecerá atenção especial durante a semana visando a próxima partida, fora de casa, contra o Avaí.

Sobre as polêmicas da arbitragem, Dorival disse que ficou com dúvida se realmente o pênalti marcado em cima de Gilberto ocorreu, mas lembrou do gol marcado por Sassá, em que para ele houve toque de mão.

Com a vitória, o São Paulo assumiu a 16ª colocação, com 22 pontos, mas com um jogo a mais que a Chapecoense, que tem uma partida a menos e no momento fica atrás por conta dos critérios de desempate. O próximo desafio do Tricolor será domingo (20), às 16 horas, na Ressacada, contra o Avaí.

Publicidade

Fala, Mano

Visivelmente irritado com a arbitragem, Mano Menezes preferiu não comentar sobre os lances polêmicos. Ao invés disso ele comentou sobre o de desempenho de sua equipe, que havia jogado pouco com a formação adotada, já que a maioria dos titulares foram poupados para o jogo de quarta-feira, contra o Grêmio, pela Copa do Brasil.

“Mesmo depois do 3 a 2, tivemos duas bolas importantes, para o empate, e não fizemos”, analisou. Para ele, o resultado não traduziu a atuação do time na partida. “Se joga bem, tem que ganhar”, completou.

Sobre a equipe estar no momento fora da zona de classificação para a próxima Libertadores – está em sétimo lugar com 27 pontos e até o final da rodada pode ser ultrapassada por Atlético Paranaense e Fluminense -, Mano lembrou os três empates em casa. “Seis pontos te colocam lá na frente. Isso é importante para te fazer estar na elite”, analisou.

Pelo Campeonato Brasileiro, o #Cruzeiro volta a jogar no próximo domingo (20), às 16 horas, no Mineirão, contra o Sport Recife. #São Paulo FC