Publicidade
Publicidade

A primeira rodada da fase de grupos da UEFA Champions [VIDEO] League começou a todo o vapor. Nesta terça-feira (12), foram disputados os primeiros jogos da fase de grupos da primeira competição de clubes do mundo, que teve #Neymar marcando pela primeira vez com a camisa do PSG na competição e goleada do Barcelona para cima [VIDEO] da Juventus, com direito à quebra de tabu de Lionel Messi.

Na Escócia, o Paris Saint-Germain não tomou conhecimento do Celtic e goleou os donos da casa pelo placar de 5 a 0, resultado que faz o time francês ter os mesmos três pontos que o Bayern de Munique no grupo B, mas ficar à frente no saldo de gols.

Publicidade

O caminho para a goleada foi aberto por Neymar logo aos 18 minutos, quando em rápido no contra-ataque, Rabiot deu grande passe na área para o brasileiro, que ganhou de Ralston na corrida, ajeitou e bateu no alto na saída do goleiro Gordon. A vantagem foi dobrada aos 33 minutos, quando Verratti fez o cruzamento da direita para Neymar na segunda trave, ele escorou para o meio, Cavani furou na pequena área, mas a bola se ofereceu para Mbappé chutar e estufar as redes. Ainda no primeiro tempo, Cavani, em cobrança de penalidade fez 3 a 0.

Se já estava fácil, o adversário ainda resolveu colaborar. Aos 37 minutos do segundo tempo, Draxler fez boa jogada pela direita, cruzou forte e a bola bateu em Lustig, que acabou jogando contra o próprio patrimônio. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Kurzawa fazer o cruzamento na segunda trave para Cavani aparecer atrás da defesa na segunda trave e acertar a cabeçada, definindo o placar final.

Publicidade

Por este mesmo grupo, na Allianz Arena, em Munique, o Bayern fez 3 a 0 em cima do Anderlecht. A tarefa dos Bávaros, que já não se mostrava tão complicada, ficou ainda mais fácil logo aos dez minutos, quando zagueiro Kums foi expulso após cometer pênalti em cima de Lewandowski. O próprio polonês se apresentou para a cobrança e fez 1 a 0. O time da casa ampliou aos 18 minutos do segundo tempo, quando o brasileiro naturalizado espanhol, Thiago Alcântara, não desperdiçou o cruzamento feito por Kimmich. No minuto final do segundo tempo, Kimmich passou de assistente a matador, marcando o terceiro gol do time da casa e fechando o placar

Goleada do Barça

O jogo mais esperado da primeira rodada foi o duelo de campeões entre Barcelona e Juventus, que se enfrentaram na Espanha, em jogo válido pelo grupo D. E o Barça devolveu a derrota sofrida na fase de quartas de final da temporada passada ao derrotar os italianos por 3 a 0, com direito à quebra de tabu de Messi, que abriu o placar aos 44 minutos, quando o argentino arrancou pelo campo de ataque, tabelou com Suárez e deu um chute seco no canto esquerdo, sem chance para Buffon.

Publicidade

Foi o primeiro gol de Messi em cima do goleiro italiano.

No segundo tempo, o Barça ampliou a vantagem com Rakitic. Após boa jogada pela esquerda, Messi cruzou rasteiro na área, Sturaro tentou afastar, mas a bola se ofereceu para o croata, livre na grande área, soltar o pé e fazer 2 a 0. E Messi queria mais. Aos 23 minutos, o argentino fez grande jogada e bateu firme da entrada área para fazer o segundo dele na partida.

No outro jogo da chave, o Sporting de Portugal foi até a Grécia encarar o Olympiacos e fez um primeiro tempo arrasador, abrindo 3 a 0 em cima dos donos da casa, que reagiram na etapa complementar, diminuindo para 3 a 2, mas a reação parou por aí.

Chelsea atropela

A maior goleada da primeira rodada pertence ao Chelsea, que jogando no Stamford Bridge, não tomou conhecimento do Qarabag, abrindo um bom saldo ao golear por 6 a 0 o time do Azerbaijão. Pedro abriu o placar logo aos cinco minutos, Zappacosta ampliou aos 29 minutos em um cruzamento errado, que acabou se transformando em gol. Aos 9 do segundo tempo, Azpilicueta marcou o terceiro dos londrinos. Aos 25 foi a vez de Bakayoko deixar sua marca, fazendo 4 a 0. Ainda deu tempo para Batshuay fazer o quinto. O sexto tento foi marcado Medvedev, contra.

A goleada deixa o Chelsea na liderança isolada do grupo C, uma vez que na outra partida da chave, Roma e Atlético de Madrid não saíram do 0 a 0.

Outro time inglês em campo nesta terça-feira, o Manchester United derrotou o Basel por 3 a 0, em Old Trafford, duelo válido pelo grupo A. Fellaini, aos 35 minutos do primeiro tempo, usou a cabeça para abrir o placar. E gol de cabeça é o que jogador belga sabe fazer. Aos sete minutos do segundo tempo, foi a vez de Lukaku subir mais que a defesa adversária para fazer 2 a 0. Rashford, aos 38 minutos, fechou o placar em um belo chute de primeira. Apesar da vitória, nem tudo foi positivo para o time de José Mourinho. Pogba sentiu um problema muscular ainda no primeiro tempo e teve que deixar o jogo.

No outro jogo da chave, o Benfica decepcionou seus torcedores ao perder em casa para o CSKA Moscou por 2 a 1. O time lusitano até saiu na frente aos cinco minutos do segundo tempo com Seferovic, mas sofreu a virada com gols de Vitinho, em cobrança de pênalti, e Zhamaletdinov. #Futebol Internacional #PaixãoPorFutebol