Publicidade
Publicidade

O Palmeiras [VIDEO] segue se preparando para encarar o Atlético Mineiro, no próximo sábado (9), no Estádio Independência, em Minas Gerais. O jogo é válido pelo Campeonato Brasileiro e tem lá a sua importância, apesar de ambas as equipes estarem em falta com as suas torcidas.

O Verdão é o quarto colocado com 36 pontos, 14 pontos a menos que o rival Corinthians, líder da competição. O Atlético é o 10º com apenas 29 pontos. Uma derrota fora de casa pode significar deixar a posição. Em caso de vitória do Flamengo, que encara o Botafogo-RJ, a pressão pode aumentar pelos lados de Palestra Itália.

Cuca, treinador Alviverde, está testando o time que vai enfrentar os mineiros.

Publicidade

Algumas mudanças foram feitas. O lateral direito Mayke, por exemplo, [VIDEO] reassumiu a lateral e colocou Jean no banco de reservas. Egídio, bastante contestado pela torcida, treinou no lugar de Michel Bastos. No entanto, Bastos deve seguir titular da posição.

Depois que perdeu o pênalti contra o Barcelona, do Equador, e confirmou a eliminação do #Palmeiras na Copa Libertadores da América, Egídio foi preservado pelo treinador. Cuca fez questão de o tirar do time titular, conversar e deixá-lo na reserva. Ele sabia que a torcida não daria trégua para o lateral, que já era muito criticado antes mesmo do fatídico lance pelo torneio continental.

Adeus!

No começo do ano, Alberto Valentim, auxiliar técnico do Verdão, deixou o clube e foi defender o Red Bull pelo Campeonato Paulista. Nesse ínterim, a diretoria contratou Claudio Prattes, que veio de um longo período de trabalho no América-MG.

Publicidade

Prattes perdeu espaço no clube quando Valentim foi reintegrado à comissão técnica. Ficou mais na parte de confecção de relatórios e planilhas e perdeu um pouco do acesso ao campo.

Na semana passada, um clube da Arábia Saudita fez proposta muito boa pelo auxiliar, que aceitou. Nesta terça-feira (5), Prattes se despediu dos colegas e recolheu seus pertences.

Aos 51 anos, Prattes já foi jogador de #Futebol profissional e defendeu clubes, inclusive, do país árabe. É conhecido por seu jeito espontâneo e bastante disciplinado.

A comissão técnica do Palmeiras agora terá a seguinte formação: Cuquinha, irmão de Cuca, Eudes Pedro e Alberto Valentim. Todos os membros têm contrato com o clube até o final de 2018.

Lista de dispensa

A sequência do Brasileiro vai servir também para Cuca analisar quem vai deixar o clube em dezembro. O treinador já tem lista com alguns nomes e deve inserir outros jogadores até o final do ano. A ideia é ter um grupo mais compacto. #Mercado da bola