Publicidade
Publicidade

O Palmeiras [VIDEO] venceu o Fluminense fora de casa por 1 a 0 e avançou ainda mais na tabela de classificação. A derrota do Grêmio para o Bahia ajudou, e o empate entre São Paulo e Corinthians também auxiliou o Verdão na diminuição da distância na tabela.

Egídio marcou um bonito gol de fora da área e o time teve total condição de fazer mais. Moisés, por exemplo, chutou bola na trave e ela voltou para o goleiro do Flu. Deyverson estava do lado do lance e pronto para empurrar para as redes, mas o capricho não permitiu.

No próximo sábado, no Allianz Parque, o #Palmeiras tem jogo importantíssimo contra o Santos. É confronto direto.

Publicidade

Se vencer o Alvinegro praiano, o time de Cuca ultrapassa na tabela e mantém distância, chegando ainda mais perto do Corinthians, líder da competição com 54 pontos.

Borja pode ser negociado

Quando saiu a confirmação da contratação de Miguel Borja pelo Palmeiras, a torcida ficou alucinada. Era [VIDEO] a hora de conquistar títulos, ver o colombiano dando show em campo e repetindo a parceria com Alejandro Guerra. Ambos conquistaram a Libertadores pelo Atlético Nacional e fizeram grandes exibições. Era o momento e repetir.

Mas a expectativa virou frustação. Borja, por exemplo, marcou seu último gol no dia 21 de junho na vitória contra o Atlético-GO. De lá para cá tem entrado no time sempre no final e viu Deyverson assumir a titularidade ao lado de Willian.

Por conta disso, o Palmeiras pode colocar o atleta em um outro negócio.

Publicidade

De acordo com os jornais El Deportivo e La Libertad, da Colômbia, Borja pode ser envolvido em negócio com Yimmi Chará, do Junior Barranquilla.

Chará é disputado também pelo Flamengo. Tem apenas 26 anos e está nas quartas de final da Copa Sulamericana. Enfrentará o Sport para tentar chegar na semifinal. É um atleta rápido, novo, com muita força e uma das grandes revelações do #Futebol colombiano.

Em disputa com o time carioca, o Palmeiras leva vantagem justamente porque pode ceder Borja. Uma conversa com o colombiano deve acontecer no final do ano para entender as pretensões. O técnico Cuca também deve ser consultado para o clube entender se Borja será utilizado de maneira efetiva em 2018.

Não é bom para o jogador e nem para o clube ficar no banco. O Palmeiras investiu, junto com a Crefisa, mais de 30 milhões de reais na chegada oficial do atleta. Sem ter ele em exposição, existe depreciação. Existe também uma expectativa de Borja disputar a Copa do Mundo no próximo ano e ver seu passe ainda mais valorizado. #Mercado da bola