O #Botafogo começou a contagem regressiva para um dos jogos mais importantes dos últimos anos. A equipe de Jair Ventura se prepara para enfrentar o Grêmio [VIDEO], adversário das quartas de final, em jogo que será realizado no próximo dia 13 de setembro. Porém, por conta da grande sequência de jogos, sempre tem atletas que acabam se machucando e preocupando, como é o caso do zagueiro Carli.

O gringo sentiu a coxa no duelo contra o Bahia e virou uma grande preocupação para o departamento médico do clube. Nesta quarta-feira, 30, ele passou por um exame na coxa, no qual foi constatada uma lesão de grau 1, mas nada está perdido.

Publicidade
Publicidade

Isso porque o atleta está trabalhando para se recuperar a tempo e ele deve entrar em campo no duelo contra a equipe do Rio Grande do Sul.

Com vários jogos, sempre há atletas com problemas físicos [VIDEO] que podem ficar fora. Carli é um dos atletas mais importantes do clube, já que ele cuida do sistema defensivo como ninguém e mantém o alvinegro carioca como um dos melhores sistemas defensivos do #Futebol brasileiro na temporada.

No próximo dia 10, o Alvinegro entra em campo novamente, mas dessa vez em partida válida pelo #Brasileirão. O duelo é o clássico contra o Flamengo, time que o Botafogo está engasgado na garganta, e ainda não sabe o que é uma vitória na temporada contra o seu maior rival. São cinco jogos: com três derrotas e dois empates.

Por conta disso, e também juntando o fato de que o Botafogo vai chegar nessa partida com duas semanas sem atuar, pode perder o ritmo de jogo e a tendência é que o treinador entre em campo com o time titular e prepare a equipe para o duelo contra o Grêmio, que acontece alguns dias depois.

Publicidade

Para o lado do Grêmio, há sim preocupações. Isso porque um dos destaques da temporada, Pedro Rocha, foi negociado com o futebol russo e não mais atua pelo tricolor gaúcho. A primeira partida é no dia 13 de setembro, que acontecerá no estádio Nilton Santos, e o jogo seguinte e decisivo acontecerá no dia 20 de setembro, em jogo que será realizado na arena gremista.

Disputando o Brasileirão como uma competição secundária, o Alvinegro tem que fazer o resultado em casa, marcar gols para obrigar o time gremista a partir para cima no jogo seguinte e dar espaço para o alvinegro carioca nos contra-ataques.

No jogo contra o Flamengo, Jair foi muito criticado pela forma com que conduziu a o primeiro jogo, sem partir para cima e dando totais condições para o rival decidir na sua casa com o torcedor empurrando.