Disputado na tarde desta quinta-feira (12), feriado nacional, em um dia ensolarado no Rio de Janeiro, o duelo entre Flamengo e Fluminense, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, levou quase 33 mil pagantes ao estádio do Maracanã, proporcionando uma renda em torno de um milhão em duzentos mil reais. No entanto, os dos times juntos faturaram ridículos 25 mil reais, ou 3% do montante total.

Somente com custos do estádio, foram consumidos 70% de tudo o que foi arrecadado. Foram 250 mil reais com aluguel do estádio, além de 372 mil foram gastos com o que foi discriminado como operação. A infraestrutura “comeu” mais 71 mil enquanto que outros 150 mil foram despesas de consumo.

Publicidade
Publicidade

O #Flamengo foi o mandante desta partida.

O curioso é notar que no primeiro turno, quando o mando de campo foi do Tricolor, os custos foram bem mais baixos e os clubes embolsaram valor mais de 20 vezes maior. Enquanto que cada time ficou com 12.800 reais no jogo desta quinta, no empate em 2 a 2 do primeiro turno, 266 mil reais foram para os cofres de cada time. A grande diferença foi no fato do #Fluminense pagar bem menos pelo aluguel do estádio, em torno de 100 mil, além de ficar isento do consumo. A grosso modo, se isso se repetisse, cada time teria levado 150 mil a mais de renda.

Os times ainda se enfrentarão mais duas vezes neste ano, nos confrontos das quartas de final da Copa Sul-Americana e o palco de ambos serão o Maracanã. O primeiro jogo, com mando do Fluminense, será no dia 25 de outubro, e a volta, com mando rubro-negro, acontece uma semana depois, em 1º de novembro.

Publicidade

Clássico contra o Vasco pode mudar de local

O duelo entre Flamengo e Vasco, válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, está agendado para o dia 28 de outubro, na Arena do Urubu. No entanto o local pode sofrer alteração.

Apesar de a diretoria preferir realizar o jogo no local, visto o alto custo de utilização do Maracanã, os incidentes ocorridos no jogo do primeiro turno, quando o clássico foi realizado em São Januário, farão com que essa decisão seja reavaliada, principalmente no que diz questão á segurança.

Por conta dos tumultos, o Vasco foi punido com a perda de mandos de campo e a interdição de São Januário. Quando finalmente pôde voltar ao seu estádio, teve que jogar de portões fechados e voltará a encontrar seu torcedor em casa apenas no jogo do próximo dia 21, contra o Coritiba. Antes, no entanto, jogará como mandante contra o Botafogo, mas no estádio do Maracanã. #PaixãoPorFutebol