Publicidade
Publicidade

Após sofrer a quarta derrota seguida no último domingo (1 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre), o Fluminense, por conta da paralisação para as duas rodadas de encerramento das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, só volta a atuar pelo #Campeonato Brasileiro no próximo dia 12 de outubro. Às 17 (de Brasília), o Tricolor encara, no Maracanã, o Flamengo e, para essa partida, deverá contar com retornos importantes.

Um deles já é certo. Após cumprir suspensão no final de semana pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Nogueira retorna normalmente. Para o mesmo setor, o técnico Abel Braga poderá contar com Renato Chaves, livre de um estiramento muscular e Gum, que ainda não jogou em 2017 devido a uma cirurgia, mas que já vem trabalhando com bola.

Publicidade

Em contrapartida, Henrique, com um problema na coxa direita, segue trabalhando e não tem presença assegurada.

Sem atuar desde a segunda rodada do Brasileirão devido a uma fratura, o volante Pierre está na fase final da preparação física e também tem chances de ficar à disposição, assim como os atacantes Pedro (gripado) e Wellington Silva (incômodo na região pubiana).

Servindo a seleção de seu país nas Eliminatórias, o equatoriano Jefferson Orejuela só chegará na véspera do Fla-Flu e pode desfalcar a agremiação tricolor

Todas essas definições começarão a ser desvendadas a partir de quarta, às 15h (de Brasília), dia e horário estabelecidos para a reapresentação do elenco, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo o próprio Abel Braga, durante esses próximos dez dias de preparação, haverá uma intensificação na parte física e a realização de dois jogos-treino contra adversários ainda a serem divulgados pela assessoria de imprensa do clube.

Publicidade

Se não houver qualquer problema de última hora, o Fluminense tentará vencer, pela primeira vez na atual temporada, o Flamengo com a seguinte escalação: Diego Cavalieri, Lucas, Reginaldo, Renato Chaves e Léo; Orejuela (Pierre ou Wendel), Douglas, Gustavo Scarpa e Junior Sornoza; Wellington Silva e Henrique Dourado.

Depois de um início promissor, o Fluminense sofreu uma queda vertiginosa e, de candidato a uma das seis vagas para a Taça Libertadores, passou a lutar contra a ameaça do "fantasma" do rebaixamento à Série B. No momento, o Tricolor soma 31 pontos é o 16º colocado, último antes dos quatro que estariam na Segunda Divisão do Brasileiro no ano que vem. #Fluminense #PaixãoPorFutebol