O sonho da #Portuguesa em voltar a disputar uma divisão nacional segue vivo após o empate diante do Desportivo Brasil em 1 a 1, no estádio Novelli Júnior, em Itu, no interior de São Paulo [VIDEO], pelo jogo de volta das quartas de final da #Copa Paulista. Como havia vencido o jogo de ida por 3 a 1, a Lusa garantiu classificação para as semifinais onde pegará a Ferroviária. Lembrando que o campeão pode escolher entre jogar a próxima edição da Série D do Campeonato Brasileiro [VIDEO] ou a Copa do Brasil, enquanto que o vice fica com a opção preterida pelo adversário.

Como o time de Araraquara fez a melhor campanha ao longo de toda a competição, o primeiro jogo será em São Paulo e a partida decisiva na Fonte Luminosa.

Publicidade
Publicidade

A outra semifinal será entre XV de Piracicaba e Inter de Limeira.

Precisando vencer por pelo menos dois gols de diferença para levar a decisão para as penalidades, o Desportivo abriu o placar logo aos cinco minutos de partida. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Hélio subiu de cabeça, o goleiro da Portuguesa espalmou e a bola sobrou livre para Raul, que encheu o pé e estufou as redes.

Aos 21 minutos, o time de Porto Feliz quase ampliou com Léo Prado, que aproveitou a sobra da zaga e chutou para gol, mas parou no goleiro João Victor. Aos 32’, Pio levantou a bola na área, ninguém subiu, e quando parecia que a bola estava saindo, o zagueiro Hélio cabeceou para gol, mas novamente o goleiro da Portuguesa evitou o segundo gol do DB, Na sequência o meia Léo Prado arriscou de fora da área e deu trabalho para o goleiro lusitano, que se esticou todo para realizar a defesa.

Publicidade

Na volta para os segundo tempo, a Portuguesa levou perigo com Marcelinho Paraíba, que cobrou com veneno o escanteio, mas viu a bola ser afastada por Carlinhos. Precisando do segundo gol, o técnico Mauricio Barbieri mexeu na equipe. Tirou Ingro e Léo Prado, e colocou Marquinhos e Dinelson respectivamente.

Dinelson, no entanto, teve pouco tempo para trabalhar, já que em dois lances, recebeu dois cartões amarelo e acabou sendo expulso aos 33 minutos da segunda etapa. Aos 38 minutos, a Portuguesa teve a chance de empatar, mas parou na grande defesa do goleiro Gilberto, no rebote, Fernandinho acertou a trave. Depois da insistência, o gol de empate do time da capital saiu aos 44 minutos com o atacante Guilherme Queiroz, que deu números finais ao confronto e classificou a equipe do Canindé para as semifinais.

No início da próxima semana, a Federação Paulista realizará um congresso com os representantes dos quatro times classificados para definir as datas e os horários dos confrontos. #PaixãoPorFutebol