Mesmo já estando classificada para a Copa do Mundo 2018, a Seleção Brasileira demonstrou seriedade diante do Chile nesta terça-feira. A equipe do técnico Tite venceu os visitantes por 3 a 0 pela última rodada das Eliminatórias.

#Gabriel Jesus se sentiu literalmente em casa e marcou duas vezes no estádio de seu ex-clube Palmeiras [VIDEO]. Paulinho completou o placar no Allianz Parque, confirmando a superioridade dos mandantes, que tiveram 61% do posse de bola.

No começo da partida houve comemoração por parte dos torcedores, porém a rede não balançou no Allianz Parque e sim no confronto entre Equador e Argentina, com os hermanos levando 1 a 0 ainda nos primeiros minutos.

Publicidade
Publicidade

Aos 7 minutos de jogo, a Seleção Brasileira chegou com Renato Augusto, que deu um belo chute em curva, mas a bola foi para fora. Neymar [VIDEO]apareceu com velocidade pela esquerda aos 12 minutos e rolou para Paulinho, mas o volante estava bem marcado e não conseguiu dar sequência à jogada.

Em sua melhor chance até então, #Neymar parou na mão do goleiro aos 16 minutos. Após receber ótimo passe de Gabriel Jesus, o camisa 10 bateu de esquerda e Claudio Bravo defendeu com as pernas.

Vaia no Allianz Parque, mas não é para o Brasil nem para o Chile. Com Lionel Messi marcando duas vezes, a Argentina virou o placar. Gabriel Jesus teve chance de abrir o placar aos 32 minutos, ao chutar do meio de campo, mas a finalização acabou indo para fora.

Passados 5 minutos, o camisa 9 outra vez chegou com perigo e cabeceou para o gol, parando na defesa do goleiro adversário.

Publicidade

Quando o jogo já se encaminhava para o fim do primeiro tempo, uma falta assustou a torcida brasileira.

Após cobrança pela direita, Sánchez aparecia sozinho para cabecear, mas foi marcado impedimento da jogada. No final da primeira etapa Neymar levou cartão amarelo por acertar o rosto de Aránguiz durante dividida. Os cartões amarelos sofridos nas Eliminatórias não geram suspensão na Copa, porém quem fosse expulso no jogo de hoje ficaria fora da estreia no torneio mundial.

Neymar começou o segundo tempo mostrando que não estava para brincadeira. O camisa 10 chutou direto para o gol aos 6 minutos e Bravo defendeu. Passados 9 minutos, Daniel Alves cobrou falta na área e após nova defesa do goleiro a bola acabou escapando de suas mãos e sobrando para Paulinho abrir o placar, 1 a 0.

A torcida ainda comemorava o primeiro gol quando, aos 11 minutos, Neymar fez boa jogada no ataque e passou para Gabriel Jesus livre na área ampliar com facilidade, 2 a 0.

Aos 14 minutos, o clima esquentou em campo entre os jogadores e a torcida aproveitou para provocar ainda mais os visitantes com gritos de "eliminado".

Publicidade

Com Neymar tendo levado amarelo no final do primeiro tempo, os chilenos aproveitavam para marcá-lo de forma dura.

Neymar tentou o terceiro gol com chute forte aos 28 minutos, mas a bola balançou as redes pelo lado de fora. A resposta do Chile veio 5 minutos depois com Medel desviando com perigo sobre o gol. No final da partida, Neymar ainda chegou a assustar os chilenos, só que em posição de impedimento. Aos 39 minutos o camisa 10 deixou o gramado para a entrada de Willian, sob aplausos.

O jogador do Chelsea fez boa jogada com Firmino aos 43 minutos, mas Bravo evitou o gol. Willian apareceu outra vez aos 48 minutos e deu passe longo para Gabriel Jesus, que livre foi com bola e tudo para dentro do gol, 3 a 0. Assim, Gabriel assumiu a artilharia do Brasil nas Eliminatórias [VIDEO], com 7 gols, superando Neymar e Paulinho. #SeleçãoBrasileira