Publicidade
Publicidade

A vitória do #São Paulo no último sábado (28) por 2 a 1 contra o Santos, no estádio do Pacaembu, reduziu para apenas 3% o risco de voltar à Zona de Rebaixamento no Brasileirão 2017.

Tarde de Hernanes no Pacaembu

Com tarde inspirada do ‘Profeta, o Tricolor bateu o rival da Baixada Santista [VIDEO]com um passe extraordinário de Hernanes para o meia Marcos Guilherme encobrir o goleiro Vanderlei e marcar o primeiro gol e depois foi Cueva fazer o segundo.

Mas não foi só a torcida quem sorriu com a importante vitória no clássico, os jogadores acordaram com cerca de R$ 10 mil a mais na conta de prêmio extra oferecido pela diretoria aos comandados de Dorival Júnior.

Publicidade

Agora com 40 pontos, o São Paulo precisa de apenas mais cinco para se livrar do fantasma da Série B. O #Tricolor já chega pensar em #Libertadores e para isso precisa tirar sete pontos em relação ao sétimo colocado Flamengo, mas caso o time Carioca vença a Copa Sul-Americana ou se o Grêmio conquistar o título da Libertadores o G7 vira G9 e a distância o nono é de apenas dois pontos, que atualmente pertence ao Atlético-PR.

Além das contas mais recheadas e a sensação de alívio, o técnico Dorival Jr recebeu outra boa notícia, nesta segunda-feira (30), pois já pode contar com Brenner, uma das promessas das categorias de base, que retornou do Mundial Sub-17, na Índia, com a seleção. No Brasileiro, o jovem atuou duas vezes com a camisa Tricolor. Na derrota para o Atlético-PR por 1 a 0 e no revés para o Bahia por 2 a 1.

Publicidade

No campeonato Mundial Brenner, de 17 anos, fez três gols com a camisa da Seleção Brasileira.

Volta da promessa

Apesar do retorno de Brenner, o São Paulo se reapresentou, nesta segunda-feira (30), sem o zagueiro equatoriano Arboleda por conta de dores musculares e pode desfalcar o time do Morumbi na próxima partida contra o Atlético-PR. Para a vaga o técnico Dorival Jr poderá Diego Lugano, que já está recuperado de contratura muscular. ‘Dios’, como é chamado pela torcida são-paulina, deve atuar ao lado de Rodrigo Caio na zaga. O experiente jogador uruguaio é peça fundamental para o elenco no momento difícil. O zagueiro ao lado de Hernanes é um dos membros que ajudam no psicológico dos mais jovens para tirar o São Paulo da zona de rebaixamento.

Um dos pontos positivos nesta campanha ruim é média de torcedores por partida que chega na média de 33 mil jogando no Morumbi e cerca de 17.200 atuando como visitante, que ultrapassa os rivais Corinthians e Palmeiras.