Publicidade
Publicidade

O #Grêmio venceu o Lanús, na Argentina, por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (29), conquistando pela terceira vez o cobiçado título da Copa [VIDEO] #Libertadores da América. A decisão teve ampla cobertura dos canais Fox Sports e SporTV, além da Rede Globo em TV Aberta. Mesmo com centenas de profissionais envolvidos e modernos aparelhos, os canais não escaparam de problemas técnicos e gafes.

Com equipe completa na Argentina, incluindo o narrador Galvão Bueno, além de Casagrande, Maurício Saraiva e Arnaldo Cezar Coelho, a Globo enfrentou um pequeno problema de vazamento de áudio. Após a volta de um dos intervalos, era possível ouvir o áudio de uma animada conversa entre Arnaldo e Maurício.

Publicidade

“O Casagrande tem razão”, diz o segundo em referência a um comentário feito por Arnaldo e que não pode ser captado em sua íntegra. Após esse breve diálogo, apenas o som ambiente do estádio pode ser ouvido e a emissora sai para outro intervalo comercial.

Na volta, já com todas essas falhas sanadas, o narrador Galvão Bueno disse que houve um problema técnico e se desculpa com o telespectador. “Desculpem, mas tivemos uma falha técnica aqui, e agora está tudo normal”, disse.

O cara tá pelado ali, pô!

Se a emissora carioca foi traída por um pequeno problema técnico, a gafe cometida pelo canal Fox Sports foi bem maior. Dono dos direitos de transmissão, que depois são repassados para Globo e SporTV, o canal entrou nos vestiários do Grêmio logo após o final da partida para registrar a festa dos jogadores.

Publicidade

Porém muitos deles ainda tomavam banho ou estavam seminus.

Especialista na cobertura dos times gaúchos para o canal, o jornalista Vagner Martins entrevistou alguns atletas, porém alguns deles não escaparam de situação constrangedora. Em uma tomada, foi possível ver o pênis de um jogador. Por conta de tal situação, os seguranças do Grêmio interviram e 'convidaram' a equipe de reportagem a se retirar do local, porém um pouco tarde. “O cara tá pelado ali, pô”, chegou a dizer um dos seguranças, antes da câmera mostrar o que não devia [VIDEO]. “Não tá nada. Não vamos mostrar ele”, respondeu o repórter.

Essa não é a primeira vez que a Fox Sports comete esse tipo de gafe. Em 2012, naquela tumultuada final de Copa Sul-Americana, onde o Tigres da Argentina se recusou a voltar para jogar o segundo tempo contra o São Paulo, alegando que seus jogadores haviam sido agredidos, o canal entrou no vestiário do time argentino e também acabou mostrando demais. #PaixãoPorFutebol