Publicidade
Publicidade

O Maracanã foi palco da primeira partida semifinal disputada entre Flamengo e Junior Barranquilla [VIDEO], pela Copa Sul-Americana nesta quinta-feira, dia 23, às 21h e 45min. Com um público de 41.804 torcedores, os rubro-negros puderam comemorar a virada de 2x1 obtida contra os colombianos, que saíram na frente no começo do confronto, mas não conseguiram impedir que o time da casa vencesse.

Com o ataque marcando duas vezes, uma com Juan e outra com Felipe Vizeu, a equipe da Gávea chegou a sua maior quantidade de gols neste século, balançando as redes adversárias em 129 oportunidades nesta temporada, com 79 jogos disputados até o momento.

Publicidade

Somando as seis competições que o clube participou em 2017, o número ultrapassa a marca conseguida em 2002, de 47 gols em 78 duelos.

Foram 39 tentos marcados no Campeonato Carioca, 4 na Primeira Liga, 11 na Libertadores, 8 na Copa do Brasil, 1 em amistoso e 46 no Brasileiro. O artilheiro flamenguista do ano é o peruano Paolo Guerreiro com 20 gols, seguido pelo meia Diego com 17.

Escalações

#Flamengo- Diego Alves, Pará, Juan, Réver, Trauco, Willian Arão, Gustavo Cuéllar, Diego, Mancuello, Éverton Ribeiro e Felipe Vizeu. Técnico: Reinaldo Rueda

Junior Barranquilla- Sebastián Viera, David Murillo, Rafael Pérez, Jorge Arias, Gérman Gutiérrez, Rúbén Pico, Víctor Cantillo, Yoni González, Henry Mier, Yimmi Chará e Téo Gutiérrez. Técnico: Julio Comesaña

Lances da Semifinal

Quem começou pressionando foi o Flamengo, aos 11 minutos.

Publicidade

O argentino Federico Mancuello assustou ao arriscar um chute forte da entrada da área, a bola acertou a rede pelo lado de fora, passando próximo da trave direita do goleiro uruguaio Sebastian Viera. O Junior Barranquilla respondeu aos 16’ em cruzamento feito pelo lado direito. A bola ficou pingando em frente ao gol de Diego Alves, que saiu para dividi-la com o atleta adversário. Na sequência, após evitar a finalização, o arqueiro sentiu o impacto do lance e foi substituído por Alex Muralha aos 19’.

Um minuto depois da alteração feita por Reinaldo Rueda, os visitantes abriram o placar. Gutiérrez cruzou rasteiro da esquerda para Téo Gutiérrez completar sozinho dentro da pequena área aos 20’. Logo depois, o rubro-negro tentou de longa distância com Mancuello novamente e, desta vez, a finalização passou com perigo à esquerda da meta do número 1 colombiano, aos 23’.

Leandro Vizeu também teve boa chance para deixar tudo igual, mas o centroavante desperdiçou após cabecear para fora uma bola cruzada com precisão por Éverton Ribeiro aos 24’.

Publicidade

O time de Baranquilla respondeu com Yimmi Chará, em contra-ataque: ele invadiu a área e soltou a bomba, Muralha, bem colocado, espalmou para linha de fundo aos 34’. No fim do primeiro tempo, os flamenguistas saíram vaiados pela torcida.

Na etapa complementar, os cariocas criaram uma boa oportunidade para marcar. Com 1 minuto, Pará cruzou e Diego cabeceou livre errando o alvo. Em cobrança de escanteio, aos 22’, o zagueiro Réver quase fez o gol de empate, também de cabeça, mas o goleiro Vieira se esticou bastante, evitando com a mão esquerda que a bola entrasse.

Após insistir nas jogadas aéreas, o Flamengo chegou ao seu primeiro gol desta forma, com Juan testando forte para fazer 1x1 aos 30’, aproveitando escanteio batido por Trauco; ao balançar as redes, ele se tornou o zagueiro que mais marcou pelo time da Gávea, junto com Junior Baiano, com 33 gols cada. Em seguida, aos 33’, o Junior Barranquilla quase voltou à frente do marcador. Díaz recebeu bom passe, invadiu a área e disparou um chute potente, passando perto da trave.

O gol da vitória veio com Felipe Vizeu aos 36’. Trauco cruzou, Willian Arão ajeitou de cabeça para trás e o atacante canhoto acertou um belo chute de primeira, com a perna direita, no ângulo, para virar o duelo. Aos 40’, Chará quase descontou para os colombianos: ele arriscou de longa distância e Muralha espalmou, garantindo o resultado para os brasileiros. Aos 48’, o árbitro Jose Argote apitou o fim do espetáculo.

A partida que define quem passa para a final será disputada dia 30 de novembro no Estádio Metropolitano Barranquilla, às 22h e 15min (horário de Brasília). Caso empate, o rubro-negro se classifica para a decisão do campeonato.

Substituições

Casa- Saíram Diego Alves para a entrada de Muralha, Mancuello por Vinicius Junior e Éverton Ribeiro por Lucas Paquetá

Visitante- Saíram Mier para a entrada de Luis Díaz, e Téo Gutiérrez por James Sánchez.

Cartões amarelos

Junior Barranquilla- David Murillo

Flamengo- Éverton Ribeiro

Arbitragem Venezuelana

Jose Argote comandou o apito, auxiliado por Luis Murillo e Carlos Lopez. #Futebol