Publicidade
Publicidade

O Palmeiras [VIDEO] perdeu para o Corinthians em Itaquera por 3 a 2 pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O revés praticamente tirou o Alviverde da luta pelo título e deixou o Alvinegro bem encaminhado para comemorar mais uma taça.

O jogo, porém, foi cercado de polêmicas. O primeiro gol do Corinthians, marcado por Romero, foi irregular. O atacante corintiano estava claramente em posição de impedimento. O pênalti em cima de Jô e que foi convertido na sequência também não foi. O jogador palmeirense nem toca no atacante, que desaba na área e fez Daronco apontar a marca da cal.

Depois do jogo, Maurício Galiotte, presidente do #Palmeiras, fez severas críticas em cima da arbitragem e disse que fará representação na CBF (Confederação Brasileira de #Futebol) em cima do juiz da partida.

Publicidade

Os erros trouxeram a derrota para o Alviverde.

Confusão nos vestiários

O volante Felipe Melo se envolveu em confusão nos vestiários da Arena Corinthians. Ao ser provocado, o volante palmeirense atacou um copo de água em um jogador corintiano. O princípio de confusão foi resolvido entre os seguranças e não evoluiu. O jogador ainda não se manifestou sobre o caso.

Depois da partida, a esposa de Felipe Melo publicou postagem em seu perfil nas redes sociais lamentando a falta de oportunidade para o atleta. O volante está disponível, mas não entra em campo. Após briga com o técnico Cuca e vazamento de áudio no Whatsapp, o atleta foi afastado temporariamente.

Novo reforço?

Visando a próxima temporada, o Palmeiras já se movimenta no #Mercado da bola. O atacante Carlos Eduardo, do Goiás, foi procurado pela diretoria palmeirense para defender o clube em 2018.

Publicidade

O jovem atleta de apenas 21 anos disse que prefere jogar na Europa, mas não descarta atuar no grande centro. O São Paulo também o procurou e entrou na briga com o Verdão.

Carlos é destaque da Série B e chamou a atenção de clubes europeus. Um clube da Bulgária fez a melhor proposta e tem maior chance de concretizar o negócio. Alexandre Mattos, executivo de futebol, ainda não se manifestou sobre o caso.

Para 2018, o Palmeiras deve mudar o planejamento. Tem dinheiro na mão, mas apenas reforços pontuais serão contratados. Mattos e Galiotte viram o time penar em 2017 por conta dos laterais. Já o Botafogo-RJ, com Victor Luis, foi bem. E Victor é jogar do Palmeiras e foi emprestado para a equipe carioca. Ou seja, uma falha grave no planejamento.

Novos reforços devem ser anunciados após a disputa do Brasileiro.