Publicidade
Publicidade

No dia 7 de dezembro, a revista France Football vai entregar a Bola de Ouro de 2017 quase certamente para #Cristiano Ronaldo. Será o quinto título, que o fará empatar com Leo Messi. Uma semana depois, ele voará para Abu Dhabi para disputar a Copa do Mundo de Clubes. O melhor marcador [VIDEO] de todos os tempos do #Real Madrid, de 32 anos, deveria estar mais feliz do que nunca nos gramados, uma vez que ele está colecionando as melhores notícias. Em vez disso, ele saiu do campo em seu último jogo da Liga furioso e esteve no centro de uma tempestade durante a pausa para compromissos internacionais, devido aos comentários feitos sobre seus companheiros de equipe.

Publicidade

Incomodado com saídas do time

Ronaldo disse ao sair de Wembley, após a derrota do Tottenham, que o time perdeu a experiência de Pepe, Fabio Coentrao, James Rodriguez e Alvaro Morata, que foram todos liberados. O capitão do time, Sergio Ramos, ficou irritado e comentou a fala do português. "Ninguém disse isso quando ganhamos duas supercopas no início da temporada", disse Ramos. "Eu não sinto falta de ninguém. O time mudou, mas todos estão desempenhando o papel deles".

Comportamento egoísta

Ramos também foi perguntado por que na última partida Ronaldo não celebrou os gols de seus companheiros que derrotaram Las Palmas. Os colegas sempre sofreram com isso, para ajudar o craque a marcar mais gols. No entanto, quando o jogador está menos explosivo na frente do gol, os colegas estão escolhendo outras soluções, que estariam deixando Ronaldo furioso.

Publicidade

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, James Rodriguez e Morata sempre jogaram para ele, enquanto Isco e Asensio têm suas próprias escolhas. Asensio, por exemplo, marcou quatro gols nesta temporada de fora da área. Ele é o melhor marcador do Real Madrid, porque chuta em vez de procurar jogar sempre em Ronaldo.

Real não apoia tanto sua estrela

A equipe não parece mais girar [VIDEO] em torno de seu melhor jogador dos últimos anos. O fato de Madrid estar a oito pontos do Barcelona pode fazer Zinedine Zidane repensar essa estratégia. No passado, haveria uma pressão enorme sobre Zidane para fazer isso, mas a sala de reuniões não prioriza mais Ronaldo. Parece que ele provavelmente assinou seu último contrato com o clube. Quando Ronaldo prometeu não voltar para Madrid por causa de seus problemas fiscais em curso, o clube encolheu os ombros, pouco preocupado com essa questão.

Estratégia de Ronaldo?

Juande Ramos, ex-gerente do Real Madrid, não tem dúvidas sobre a situação de Ronaldo: "Ele ainda vai acabar com 30 ou 40 gols nesta temporada. É uma longa temporada e ele sabe como chegar a parte mais importante na forma certa. Ele fez isso no ano passado e é por isso que ele vai levar a Bola de Ouro no próximo mês".

Em um sentido, essas pirraças de Cristiano são quase uma boa notícia para Madrid e poderiam significar que ele ainda se preocupa o suficiente para dar uma volta a esse pesadelo e retornar a seu melhor nível. #Futebol