Publicidade
Publicidade

O regulamento do Brasileirão de pontos corridos acaba sendo traiçoeiro para os grandes clubes. Basta uma temporada mal jogada que o rebaixamento vira realidade. Num universo de 20 clubes, quatro caem, o que não deixa nem os gigantes imunes à queda.

Já aconteceu com Corinthians, Grêmio, Palmeiras, Botafogo, Atlético-MG... em 2016 foi a vez do Internacional, que até chegou a liderar o Brasileirão nas rodadas iniciais, mas sofreu ao longo da campanha com três trocas de treinadores e não evitou o pesadelo do inédito rebaixamento.

Com isso, o Brasileirão de 2017 ficou desfalcado de ao menos um grande clube do Brasil. Para 2018, os 12 gigantes brasileiros estarão presentes na elite, já que o #Inter cumpriu de forma protocolar o seu objetivo e subiu de divisão nesta temporada que se encerra agora.

Publicidade

Corinthians [VIDEO], Palmeiras [VIDEO], Santos, São Paulo, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco da Gama, Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio e Inter estão confirmados na Série A de 2018.

Além do Brasileirão, que é a maior competição do calendário do futebol brasileiro, os times ainda se dividirão em Libertadores, Sul-Americana, estaduais e Copa do Brasil. O Grêmio ainda joga a Recopa Sul-Americana em fevereiro contra o Independiente, da Argentina. #CBF