Publicidade
Publicidade

O #Vasco da Gama foi um dos clubes da série A do brasileirão que mais contratou jogadores em 2017. O principal objetivo da equipe carioca era participar da edição da Copa Libertadores da América de 2018, e esse objetivo era encarado com desconfiança, tanto pelo torcedor do Gigante da Colina [VIDEO], quanto pela imprensa em geral.

Em janeiro de 2017, o presidente do clube, Eurico Miranda, em uma entrevista, declarou e afirmou publicamente que o Vasco da Gama iria disputar a Copa Libertadores da América em 2018, e ainda garantiu que o clube carioca iria disputar o título de todas as competições que o clube participasse no ano.

Publicidade

Para honrar tal promessa, o clube contratou diversos jogadores [VIDEO], que se juntaram ao elenco já disponível, que até então tinha como principal nome Nenê, o meio de campo que é a principal referência técnica da equipe até hoje. Nesse processo de reformulação do elenco vários nomes deixaram São Januário, para que contratações, como Luís Fabiano, pudessem chegar.

A primeira contratação para a temporada de 2017 foi a do meio campo Damián Escudero, que veio como presente de natal para os torcedores vascaínos. Outras contratações chegaram ao elenco, como a do meio campo Wagner, e a do atacante Luís Fabiano, que até então foi a maior contratação para a temporada. Seguindo as contratações, vieram jogadores como Muriqui, Gilberto, Jean, Bruno Paulista, Wellington, Andrés Rios, Manga Escobar, Lucas Rocha, Paulão, Breno e Anderson Martins.

Publicidade

Vasco já tem nomes para contratação

Seguindo a mesma ênfase para buscar reforços de peso, o departamento de #Futebol do Vasco da Gama vem analisando e mapeando o mercado, a fim de montar uma equipe competitiva para a disputa da Copa Libertadores da América de 2018. Assim, a diretoria já teria alguns nomes que podem surgir na colina.

Um dos nomes dos sonhos que a direção do clube carioca busca é a do meia atacante Diego Souza, que já é um velho conhecido da torcida cruzmaltina, afinal o meia defendeu as cores do gigante da colina em 2011. Diego já foi procurado pela atual diretoria no início da temporada, mas as negociações não avançaram por conta de um processo que o jogador move na justiça contra o clube - processo esse que já houve um acordo, e que pode facilitar a aproximação e contratação do jogador.

Mais dois nomes estão cogitados para aparecer em São Januário, são dos jogadores Luan, do Atlético Mineiro e de Scarpa, do também clube carioca, Fluminense. O técnico Zé Ricardo vê em Luan o jogador ideal para trabalhar nos lados do campo, onde hoje utiliza a jovem revelação cruzmaltina, Paulinho.