Publicidade
Publicidade

Por prudência, já preparando a pipoca, o refrigerante e o chocolate. Arrume o sofá, amplie as opções de canais esportivos na televisão e chame os amigos. Sente-se em frente à televisão e apenas aproveite, porque o ano de 2018 - que acaba de começar - reserva muitas competições esportivas [VIDEO] emocionantes e em diferentes modalidades. Tem para todos os gostos, como mostramos a seguir.

Copa do Mundo da Rússia

Quatro anos depois da Alemanha impor ao Brasil sua mais pesada derrota na história do futebol mundial, quando aplicou 7x1 em Belo Horizonte, na semifinal, a #Copa do Mundo volta a ocupar o período de junho a julho nesta temporada de 2018.

Publicidade

Os alemães, atuais campeões, estão garantidos, assim como a #Seleção Brasileira - que mudou de patamar a partir da chegada do técnico Tite, no meio de 2016.

No Grupo E, o Brasil tentará superar Costa Rica, Sérvia e Suíça para passar de fase e manter vivo o sonho do hexa. No entanto, a Copa da Rússia não terá camisas importante do futebol mundial, que vacilaram na fase de classificação. Itália, Holanda e Chile puxam a fila das "grandes" que não jogarão a Copa. O Mundial começa oficialmente no dia 14 de junho, mas já norteia o pensamento da comunidade do futebol desde já.

Australian Open abre o tênis

Os amantes do tênis também terão um prato-cheio neste ano de 2018. Já na próxima segunda-feira, 14, tem início o primeiro Grand Slam do ano, o Australian Open, disputado na Oceania. Depois de um 2017 sensacional, quando se dividiram na conquista dos quatro Slams, Rafael Nadal e Roger Federer naturalmente serão as grandes estrelas do torneio - ambos só se enfrentam em uma eventual final.

Publicidade

Mas a chave do torneio da Austrália também conta com retornos importantes. Novak Djokovic e Stan Wawrinka, que são antigos vencedores do torneio, retornam à disputa depois de um longo período de lesão. Andy Murray, por sua vez, segue fora. Os outros grandes eventos do tênis ocorrem de 27 de maio a 10 de junho, em Roland Garros, de 2 a 15 de junho em Wimbledon e de 27 de agosto a 9 de setembro em US Open.

Tem automobilismo também

Os brasileiros acompanharão a temporada de 2018 da Fórmula 1 com muita nostalgia. Isso porque neste ano não haverá nenhum brasileiro correndo entre as escuderias da principal categoria do esporte. Desde o ano de 1970 o Brasil era representado nas pistas, com nomes do porte de Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna, Rubens Barrichelo e Felipe Massa.

Como de costume, a corrida de abertura do campeonato de 2018 ocorre em Meulborne, na Austrália, no dia 25 de março. O Brasil recebe a prova em 11 de setembro, sendo a penúltima corrida da temporada.

Olimpíadas de Inverno

Quem gosta dos esportes de inverno, pouco usuais no dia a dia, estarão amparados a partir do dia 9 de fevereiro.

Publicidade

Deste dia até 28 do mesmo mês ocorre as Olimpíadas de Inverno de 2018, que será sediada por PyeongChang, na Coreia do Sul. É estimada a participação de 90 países em variadas modalidades como Curling, Esqui estilo livre, Salto de esqui, Patinação Artística e Patinação em velocidade.

Brasileirão volta a ter todos os grandes clubes

De abril a dezembro, com uma parada para a disputa da Copa do Mundo da Rússia, os grandes clubes do futebol brasileiro se encontram no Brasileirão de 2018, que será disputado no mesmo sistema de pontos corridos vigente desde 2003. A particularidade da edição deste ano será a participação de todos os considerados "grandes". O Inter, que estava na Série B em 2017, conseguiu o seu acesso e volta a integrar os 20 clubes da principal série do país. O atual campeão é o Corinthians [VIDEO] e os quatro rebaixados de 2017 foram Coritiba, Avaí, Ponte Preta e Atlético-GO.