As oportunidades em nossa vida aparecem quando nos esforçamos para vencer nossos limites. 

O comodismo nos leva a paralisar. Quando paralisamos não caminhamos. A vida nos convida a caminhar.

Lembro ainda hoje, fui transferida do setor de trabalho, no início de minha vida profissional. Jovem ainda, com poucos anos de serviço, chorava muito. Um amigo, ao me ver naquele estado, enviou-me um cartão que dizia que é preciso caminhar. Como este cartão renovou meus sentimentos!

Vejo que as perspectivas sempre surgem quando estamos abertos à vida. São elas que nos incentivam a caminhar.

Na vida, mesmo na derrota, somos vitoriosos. A derrota nos impulsiona a ir adiante. Assim, devemos prosseguir.

O caminho não é perfeito. Obstáculos surgirão. Para isso é preciso coragem. É preciso vontade de transpor barreiras que ao longo da vida nos mantêm paralisados.

Para cada passo dado, maiores serão os convites para prosseguir.

Ao alcançar o máximo teremos certeza que a caminhada foi importante para nós.

Nessa hora conseguiremos dizer: Vencemos os desafios, prosseguimos com coragem, nossos sonhos foram realizados, nossas esperanças foram concretizadas. Combatemos o bom combate. Valeu a pena a caminhada. Valeu a pena lutar. Valeu a pena tudo.  Se preciso fosse começaríamos tudo novamente, e agora com maior experiência.  Como foi importante viver! Como a vida nos fez realizados! Como nos sentimos melhores!

Assim, poderemos sentir que pelo nosso modo de viver muito aprendemos, mas não podemos esquecer que também muito ensinamos.

O aprendizado aconteceu principalmente com nossa perseverança.