São tantas academias, tantos aparelhos, tanta gente malhando, que parece até o modelo ideal de atendimento, a quem se dispõe fazer atividades físicas. Talvez, esteja tão cômodo, pelo enquadramento no senso comum, que as pessoas nem percebem quanto é alto o nível de deficiência no modelo atual de atendimento em uma imensa gama de espaços apropriados à prática de exercícios físicos e treinamento. Clientes sofrem com a falta de atenção, profissionais de educação física sofrem com a impossibilidade de prestar o serviço com a qualidade adequada. Impossibilidade gerada pela demanda, totalmente desproporcional, sobretudo nos horários de pico.

Estudos foram efetuados, com a finalidade de se avaliar por cálculo estimável, qual deveria ser a proporção adequada, em número de alunos, para cada professor de academia, de modo que haja a otimização no atendimento, levando-se em consideração o planejamento, que conta com:

  • Avaliação inicial - anamnese, aferição de qualidades físicas, preferências do tipo de atividade, etc..
  • Periodização - descrição dos ciclos do período básico, período específico, reavaliação.
  • Prescrição dos exercícios que comporão o treinamento - exercícios resistidos (localizados / funcionais), atividades aeróbias, pliometria, atividades esportivas - associadas ou exclusivas.
  • Acompanhamento e orientação das atividades.
  • Avaliações periódicas.

Estas estão entre outras ações técnico analíticas do atendimento ideal.

Publicidade
Publicidade

Não podemos deixar de considerar o modo como os espaços e equipamentos são utilizados, se há acomodação para todos naqueles horários de pico, ou se há a necessidade de se fazer promoções a atrair clientes para os horários de menor demanda.

A quantidade ideal é um professor por oito a dez clientes ou menos na academia, em cada hora/sessão de treinamento, extrapolando para 12, numa situação extraordinária, como aumento da demanda, enquanto se contrata novos profissionais para supri-la.

Ninguém nos engane sobre o fato de que, para obtermos excelência de resultados, o atendimento deve ter cunho individual, mais conhecido como "personal training", mas sabemos que esta exclusividade traria um ônus bem maior para os clientes.

Da população que necessita de atendimento profissional para realizar atividades físicas, ou seja, todas as pessoas, independentemente da idade, gênero, condição de saúde ou estilo de vida, uma considerável porção seria excluída das academias; então, o que há os administradores de fazer são os ajustes necessários ao ótimo atendimento, para que todos sejam beneficiados com a individualidade do treinamento.

Publicidade

#Negócios #Trabalho