O livro de Isaías diz assim: "Faze meus filhos voltarem de longe, e as minhas filhas, da extremidade da terra, todos aqueles que são chamados com o meu nome e que criei, formei e fiz para minha glória! Não vos lembreis mais dos primeiros acontecimentos, não torneis a repetir os fatos de outrora. Eis que vou fazer coisa nova que já desabrocha: não o reconhecereis?"

Quando nos é colocado: "Não vos lembreis mais dos primeiros acontecimentos de outrora", Deus está querendo nos dizer que o passado já aconteceu. Que cada dia da nossa vida é uma nova página a ser vivida. Que cada dia nos oferece um novo amanhecer, uma nova maneira de pensar, de agir. Ele nos convida a viver uma vida nova.

Existem muitas pessoas que ficam presas ao passado, vivem mal o presente. Não desfrutam do novo amanhecer.

Muitos de nós já passamos por situações difíceis: Doenças, morte, incompreensões, perseguições. Ninguém escapa destes momentos.

O que Deus nos pede é que esqueçamos o que já aconteceu. Passado é passado. Ele quer fazer uma obra nova em nossa vida. Ele quer que nós estejamos bem acordados para desfrutar do novo amanhecer.

O nosso passado não é desprezado por Deus. O que Ele nos pede é que não fiquemos presos ao que já aconteceu. Não existe um ditado que diz: Águas passadas não movem moinhos?

"Eis que vou fazer coisa nova que já desabrocha: não o reconhecereis?"

Os brotos em nossa vida já estão surgindo. Por que será que não estamos reconhecendo estes brotos? Pela nossa cegueira, consequências das desilusões, decepções.

Deus pode e deseja levar aquilo que nos fez cegos embora. Deseja levar embora toda tristeza, doença, trauma, medo. É a cegueira que não nos leva a enxergar novos horizontes, que nos torna inseguros. 

"Eis que vou fazer coisa nova". Deus pode e quer mudar todas as coisas porque tudo é possível para Ele, pelo poder da oração. Precisamos pedir pela cura da nossa vida física, psíquica, espiritual, para que possamos prosseguir com alegria, entusiasmo, determinação.

"Faze meus filhos voltarem de longe, e as minhas filhas, da extremidade da terra, todos aqueles que são chamados com o meu nome e que criei, formei e fiz para minha glória." Precisamos pedir também pela cura dos que dela necessitam. Só assim estaremos trazendo de longe, filhos e filhas de Deus.

A cura é um dos dons que deve e precisa ser colocado a serviço.