É muito comum ouvir a pergunta Qual a diferença entre Diet e Light? Apesar das duas palavras serem associadas a alimentos saudáveis com baixas calorias, elas não são sinônimas e isso gera muita dúvida. Qual dos dois tipos ajuda a emagrecer? Qual deles têm menos açúcar? Diabéticos, hipertensos e pessoas com peso em excesso devem optar pelos alimentos diet ou light? Para saber qual o alimento adequado para a sua dieta é preciso entender as diferenças entre essas duas palavras. Vamos lá?

Entenda a diferença entre Diet e Light

Alimentos Diet

Indicados para: diabéticos, celíacos e hipertensos. Consumidores que apresentam condições fisiológicas e metabólicas específicas.

São produtos que não contêm determinados nutrientes como glúten, açúcar, gordura ou colesterol.

Publicidade
Publicidade

São aqueles alimentos produzidos industrialmente e que possuem pequena ou nenhuma quantidade de nutrientes como açúcar, carboidratos, lactose, sal e gordura.

Engana-se quem pensa que um produto diet possui baixo valor calórico, isso nem sempre acontece. Podendo ser, às vezes, até maior que os produtos convencionais. Um exemplo é o chocolate diet, que apesar de não conter açúcar, é calórico e gorduroso. O adoçante é adicionado para substituir o açúcar e a gordura é adicionada à fórmula para manter a consistência do chocolate e torná-lo melhor para o paladar.

Sempre leia o rótulo, pois a informação de que o produto é diet não é suficiente. É preciso estar detalhado também sobre qual substância que foi substituída ou retirada na fórmula. Há dois tipos de alimentos diet, os sem adição de açúcar e os sem açúcar.

Publicidade

Os sem adição de açúcar são aqueles em que não são utilizados açúcar no preparo, mas pode conter açúcar no produto final, proveniente de seus ingredientes. Por exemplo a frutose. Já os alimentos diet sem açúcar são aqueles que não contêm nenhum tipo de açúcar em sua composição.

Alimentos Light

Indicados para: Pessoas saudáveis que não têm restrição a nutrientes e têm como objetivo perder peso, manter a saúde e buscar o bem-estar.

Os alimentos light não precisam ser, obrigatoriamente, isentos 100% de certo nutriente. Basta possuírem menos calorias ou apresentarem quantidade reduzida de algum nutriente, em comparação com a fórmula convencional do mesmo alimento. São produzidos com pelo menos 25% menos calorias em relação ao produto tradicional ou com 25% menos de nutrientes como gordura total, açúcar, gordura saturada, sódio e colesterol.

Comparando o chocolate novamente, o light tem algum nutriente específico reduzido ou o seu valor energético. Consulte a tabela nutricional no rótulo para saber se a redução é adequada para a dieta que você está fazendo. #Dicas