Resultado: 27.000 miliUI/ml, compatível com sete semanas de gestação. O quê? Como assim? Calma, fecha a página e abre tudo de novo: Compatível com sete semanas de gestação, de novo? Estou grávida...estou grávida! Como assim, estou grávida? Menstruei mês passado…Impossível! E assim, descobri minha melhor vida, a melhor de todas. Ser mãe. Não foi nada fácil, apesar de mágico. Olhar no espelho e imaginar quando a barriga terá aquele formato lindo e contar os dias para isso acontecer, olhar para a barriga redondinha e imaginar o rosto, o sorriso, a voz, os cabelinhos! Vai ser menina ou menino? Nossas noites nunca mais serão as mesmas e por mais que me dissessem: "Dorme agora, enquanto pode!", eu jamais imaginei que não dormiria direito nunca mais nessa vida.

Publicidade
Publicidade

Uma revirada no berço e um pulo da cama: será que ela está respirando?

A gente não dorme, não come direito, o banho passa a ser de dois minutos e com a porta aberta, as roupas não servem mais, o cabelo escovado e unhas feitas viram artigo de luxo, depilação no prazo sempre paga com multa por atraso, passear no shopping e querer comprar uma roupa passa a ser querer comprar uma roupa ou um brinquedo para eles. Voltamos a ser crianças e falar infantilmente, viramos médica, conselheira, médium, contadora de histórias, mágica, mecânica e marceneira e um monte de outras coisas. Viramos super mulheres, capazes de suportar tudo e carregar o mundo nas costas, apenas por um sorriso dos nossos pequenos!

Não trocaria esse cansaço por nada. Ser mãe é a condição que toda mulher almeja! Umas mais, outras menos! Mas é uma condição sublime que nos leva ao paraíso e nos faz repensar a vida e em todos os ensinamentos das nossas mães: "não deixe de avisar onde está e liga quando chegar", ou "porque você não atende o telefone?" passaram a fazer sentido para mim depois que a minha Lívia nasceu.

Publicidade

Deixou de parecer implicância de adulto controlador e passou a ser música aos meus ouvidos! Que a minha filha não deixe de me avisar de seus passos e cresça feliz! #Família #Opinião