Este fato aconteceu na cidade dos Estados Unidos, que se repercutiu nas redes sociais e está sendo notícia no mundo inteiro. Um pai solteiro descobriu que seu filho, de 13 anos de idade, é gay e ficou desesperado, pedindo ajuda num fórum online. O fato repercutiu nas redes e o homem conquistou milhares de internautas nas primeiras semanas. Ele não sabia como agir diante da opção sexual do filho e foi em busca de ajuda.

O filho emprestou o celular para o pai e esqueceu de apagar seu histórico. Através de uma pesquisa online, o pai descobriu que o filho é gay e ficou estarrecido. Mas na verdade o pai confessou em rede social que já teve relacionamento amoroso com outra pessoa do mesmo gênero, mas não sabia como contar ao filho e dizer para ele que o ama do jeito que ele é. O pai de 38 anos de idade, foi muito apoiado nas redes sociais e conquistou muitos internautas com o mesmo problema semelhante. O pai diz que foi buscar o filho na escola e conversou com ele pelo caminho sobre relacionamento. Se o menino era a fim de alguém da escola, ele respondeu que sim e o pai disse: seja quem for, essa pessoa é muito sortuda. O filho ficou surpreso com as palavras do pai.

À noite na mesa de jantar, pai e filho ficaram em silêncio, até que o menino disse: "Pai quero te contar uma coisa". O pai, todo ouvidos, disse: "Fala meu filho". "Sou gay", disse o menino. O pai emocionado abraça o filho e diz: "eu te amo de qualquer jeito", e os dois começam a chorar. O pai aceitou a opção sexual do filho e apoiou sua decisão. Mas nem sempre a história parecida com esse caso termina assim.

Muitas pessoas dizem que a família é obrigada a aceitar a opção sexual dos filhos, por falta de opção e para não sacrificar a pessoa. Mas que no fundo elas queriam que fossem menino ou menina. Na hora de ter um filho, elas não falam quero um filho gay. Muitos pais expulsam seus filhos de casa quando descobrem esse fato. Já outras não concordam com isso e dizem que querem a felicidade do filho. Se descobrem que o filho ou filha têm opção sexual diferente, respeitam essa opção de escolha.