Atualmente a Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET) mantém um mapa com uma completa estrutura cicloviária permanente da capital paulista. Esse mapa vem sendo atualizado constantemente conforme novas ciclovias são implantadas.

A intenção da prefeitura de São Paulo é implantar 400 quilômetros de ciclovias até o final de 2015. Essa é a meta 97 do plano de metas. Esse ano já foram entregues 78,3 quilômetros em um total de 200 quilômetros implantados nesse ano de 2014.

Dificuldade de implantação

A principal dificuldade ao se implantar as ciclovias, principalmente em vias de grande movimento, é onde ficarão os carros, pois em certas ruas as faixas terão que conviver com automóveis de clientes que param em frente às lojas, ou comércio com suas descargas durante o horário comercial.

Publicidade
Publicidade

Outro fator preponderante será o desenvolvimento de novas regras para a proteção de ciclistas em relação à acidentes em respeito ao espaço utilizados pelos mesmos.

Para quem utiliza a bicicleta como transporte diário também não deverá escapar a algumas regras que deverão ser estabelecidas visando melhorar a segurança aos ciclistas, como uma melhor sinalização na bicicleta e no capacete, principalmente para quem pedala à noite.

Uma nova Cultura

No estado de São Paulo está previsto um investimento de 80 milhões para a implantação de ciclovias interligadas com outros modais de transporte conforme Cronograma de Ação e Investimento (#Governo de São Paulo).

Mas não adianta um investimento tão grande se não se mudar a cultura de uma cidade sustentável com cidadãos conscientes. As vias foram projetadas somente para automóveis, há uma urgência visando as ciclovias, acessos melhores para deficientes, sinalizações claras específicas para convivermos em uma cidade melhor.

Publicidade

As empresas precisam dar apoio para quem utilizar bicicletas, programas para desconto em faculdades para quem vai ao campus de bicicleta, algo que já existe em algumas cidades no mundo. Não será fácil, mas devemos começar o quanto antes. Os cidadãos e a cidade agradecem. #Automobilismo