Brasil, que pena! Vivemos num país tão privilegiado, tudo o que se planta nasce, onde tocamos a vida brota, mas não valorizamos nossa terra, deixamos tudo nas mãos de quem, mesmo? O fato de acharmos mais conveniente não assumirmos um cargo político, o fato de acharmos mais fácil votar em alguém para nos representar, o fato de dizermos que não nascemos para política, levou nosso país à única opção de escolher os mesmos. Precisamos de novos políticos, precisamos criar um novo caminho político, enfrentando nossa timidez, nosso medo de nos expormos em público. É a única maneira de recomeçarmos, ou estaremos fadados a sempre discutir os mesmos assuntos.

Publicidade
Publicidade

Fadados à mesma ilusão.

Desta vez, não tem jeitinho a ser dado. Desta vez, Brasil, temos que começar a participar mais ativamente. Teremos quatro anos pela frente para nos organizarmos. Por hora é Dilma ou Aécio, quem fará chover? E agora Brasil, o gigante adormecido vai se levantar ou vai dormir para sempre? Nem o samba é o mesmo, nem o futebol, estamos perdendo toda a nossa história, nossa trajetória, é isso que queremos? Quatro anos, Brasil. Mas ainda há tempo, pelo menos podemos alterar o curso da história antes do país virar adolescente. Porque se não o fizermos, o país será um rebelde sem causa.

Quando escrevi o artigo acima estávamos na época das eleições, e agora que tudo passou, escolheram a presidente Dilma para fazer chover, mas ela fará chover num solo dividido pela metade.

Publicidade

Talvez neste momento da história do Brasil minha ideia de um povo ativo politicamente comece a nascer. Talvez alguém volte a ensinar o Hino Nacional nas escolas, talvez o povo entenda que saber a respeito de seus símbolos não é voto para a Ditadura, mas é o caminho para conhecermos nosso país, através de sua bandeira, através de seus versos. Todos temos que começar por algum lugar, e o lugar é o aqui e o agora. Obrigada Brasil, pelos anos de sol, pelas lindas praias, pela oportunidade de conhecer o mundo inteiro sem sair daqui, já que em teu solo moram pessoas do mundo inteiro. Obrigada Brasil, minha terra adorada, porque de algum modo tenho orgulho de ser sua filha. #Opinião