A neve está caindo em um ritmo muito rápido. Rajadas de vento estão ficando mais fortes. E as temperaturas estão muito baixas. Pode não parecer ruim ainda, disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, nesta segunda-feira (26) à noite, mas será em breve.

"Esta é, literalmente, a calmaria antes da tempestade. Está prestes a começar para valer", disse Blasio. "E quando isso acontecer, vai vir muito rápido e causar muitas dificuldades, e as pessoas têm que ser muito cautelosas. As pessoas têm que ficar longe das ruas e ficar fora das calçadas."

O Serviço Meteorológico Nacional, que não é propenso ao exagero, está usando termos como "ameaçador" e "histórico" para descrever o que esta por vir no Nordeste, com a pior previsão esperada para ainda esta noite.

Publicidade
Publicidade

Na primeira grande tempestade do ano, pode chegar a cair até 3 metros de neve em Boston e Nova York antes que a terça-feira termine, com o congelamento da chuva e fortes rajadas de vento, possivelmente atingindo 70 km/h. Vários avisos já foram emitidos, e há uma estimativa assustadora de que até 58 milhões de pessoas poderiam morrer congeladas e que a tempestade poderia ter um grande impacto econômico e político.

A nevasca será bem dramática, mas isso pode não ser o principal problema e causador do maior dano, disse o meteorologista da CNN Chade Myers. As consequências dessa tempestade vão ser de grandes proporções, haverá grandes rajadas de vento que arremessarão galhos de árvores atingindo as linhas de energia elétrica. Isso pode deixar muitas pessoas de algumas áreas sem eletricidade.

Publicidade

Outra preocupação são as estradas. "Isso não é brincadeira, pessoas poderão ficar presas na estrada. Passamos por isso antes," Andrew Cuomo, governador de Nova York, disse aos jornalistas. "É assustador como uma simples ida ao supermercado pode acabar sendo muito perigosa."

O transporte público será desligado e apenas veículos de emergência serão permitidos nas estradas em 13 municípios e nas ruas de Nova York, a partir das 23h. Connecticut e Massachusetts também colocaram proibições de viagem na região.

Na Filadélfia, o prefeito Michael Nutter declarou estado de emergência de nevasca a partir de 6h dessa segunda-feira (26). Carros deixados estacionados em rotas da nevasca serão rebocados e seus proprietários multados, disse Michael. "Vai ser o tipo de noite em que a melhor coisa que alguém pode fazer é ficar dentro de casa", disse o governado de Massachusetts Charlie Baker ontem (26).