Com a popularidade cada vez maior das tatuagens no mundo todo, vem também uma sede de exclusividade e pioneirismo por parte dos tatuadores que buscam cada vez mais imprimir seu próprio estilo nas artes. E assim muitos estilos de #Tatuagem vêm se "reciclando", inspirados nas artes de pintura convencional, como o pontilhismo e a aquarela. E foi numa dessas buscas que dois artistas chegaram a criar um estilo único e que vem ganhando muitos adeptos, o Trash Polka!

Esse estilo foi criado por dois artistas do Buena Vista Tattoo Club na Alemanha. Simone Plaff e Volko Merschky são os pais desse estilo - muitos consideram que um Trash Polka original só pode ser feito por um de seus inventores. O estilo mistura realismo com muitas inspirações em coisas do cotidiano, como muros pichados e cidades em ruínas. Em algumas, são inseridas frases ou palavras desconexas, adicionando assim um visual caótico ao desenho.

O Trash Polka tem que ser feito unicamente com vermelho e preto e, óbvio, usando alguns espaços em branco na própria pele do cliente, dando um ar de "negativo" à tatuagem. O estilo foi descoberto meio que sem querer por seus criadores, que queriam fazer algo diferente e confuso, mas que no final das contas parecesse uma obra de arte na pele

Segundo o próprio Volko: "O Trash Polka tem um pouco de realismo e lixo, natureza e abstrato, tecnologia e humanidade, passado, presente e futuro; são opostos que tentam dançar junto com harmonia e equilíbrio no corpo do cliente".

Sobre a afirmação de outros artistas de que o estilo só pode ser chamado de Trash Polka se vier das mãos de algum tatuador do estúdio Buena Vista, como bons artistas que são, eles desconversam e dizem que a arte está ai pra ser inspiradora a todos que quiserem, que eles nem sabiam que estavam inventando um estilo tão próprio assim e que todos são bem-vindos em ter um Trash Polka no corpo, sejam deles ou de qualquer outros artistas do mundo!

Como todo estilo novo, o Trash Polka vem chamando muita atenção no meio da tatuagem. Como se trata de um desenho completamente assimétrico, o artista pode viajar de todas as formas possíveis e fazer trabalhos incríveis. O que foi um "acidente" de percurso, se tornou um estilo inovador e muito bonito de se ver, em breve numa pele perto de você! #Inovação