Você decidiu que já está na hora de ser mãe. Antes de suspender todos os métodos contraceptivos e começar a tentar, que tal fazer um pequeno planejamento para que esse momento tão especial possa ser o mais tranquilo possível?

É claro que nunca estaremos totalmente imunes aos imprevistos, mas poder reajustar nosso estilo de vida na tentativa de assegurar aos nossos filhos as melhores chances de nascer em condições ideais de vida e de bem-estar é sem dúvidas a melhor decisão.

1º Passo: Analise sua vida

Como está a sua vida e a sua rotina? Você poderá desempenhar o papel de mãe da forma como você acredita que será o melhor para vocês?

É claro que não existe uma receita única, um segredo do que seria o ideal.

Publicidade
Publicidade

O importante é que você entenda qual é a SUA necessidade nesse momento.

Não importa qual decisão irá tomar, que organizações e mudanças terá que fazer em sua vida, o importante é estar confiante de que é a melhor escolha a ser tomada, pelo menos, neste momento!

Reorganizar sua vida deve passar pelos seguintes pontos:

  • Informe-se sobre o seu plano de saúde ou pré-natal na rede pública
  • Reorganize e programe sua vida financeira
  • Planeje seu espaço físico

Lembre-se: nada é definitivo, siga o seu coração, dê umas pitadas de razão e seja feliz!

2º Passo: Cuide da sua saúde

Procure um clínico geral e faça exames que permitam identificar e tratar possíveis problemas de saúde, ou mesmo fazer o devido acompanhamento durante a gestação.

Pesquisas recentes mostram que doenças periodontais podem aumentar o risco de parto prematura, assim mantenha uma boa rotina de higiene dental em casa, marque uma consulta para realizar exames, limpezas e eventuais tratamentos antes do início da gravidez.

Publicidade

Agora que já verificou o seu estado geral de saúde, comece a procurar um obstetra que atenda as suas necessidades (atenda o seu plano, possa realizar o parto no seu hospital de preferência). É sempre bom fazer essa escolha com calma e antecedência. Depois de escolhido o médico, agende uma consulta para um exame pré-gestacional.

Verifique com o seu médico as vacinas que devem ser tomadas e/ou reforçadas.

Muito provavelmente quando for à sua primeira consulta pré-gestacional, além de examiná-la o médico deverá prescrever suplemento de ácido fólico. Esse suplemento deve começar a ser ingerido (em média) 4 meses antes de começar a tentar engravidar, mantendo a suplementação até a décima segunda semana de gestação (ou de acordo com a prescrição médica). Muitos sites de medicina e maternidade indicam que defeitos na formação do tubo neural do bebê são evitados em grande parte com a suplementação de ácido fólico, que também é apontado em algumas pesquisas como sendo o responsável por diminuir consideravelmente o risco de outros problemas de saúde do bebê, como lábios leporinos e certos tipos de distúrbios cardíacos.

Publicidade

Se você tiver diabetes, asma ou qualquer outra enfermidade crônica, procure o seu médico e converse sobre seu desejo de engravidar e o que deve e pode ser feito para que isso ocorra de forma segura para você e o bebê.

Para que uma gestação possa acontecer de forma tranquila é muito importante que nosso corpo e mente estejam saudável, dessa forma, inclua na sua lista de planejamento uma reeducação alimentar e realização de atividades físicas regulares, além de evitar o cigarro, bebidas alcoólicas e drogas.

Depois de seguir esses passos, é só relaxar e dar tempo ao tempo...agora é hora da natureza agir. #Entretenimento #Educação #Família