Índia, fevereiro de 2015. Fiore Masera e Riccardo Zampetti estão em Jaipur para uma viagem normal, como tantas outras. Eles estão encantados pelas histórias e a habilidade dos artesãos daquele lugar. Arte e tradição, combinados com o respeito para o homem e a natureza. Assim nasceu a ideia da Flora Garments, o e-commerce de #Moda criado para aqueles que gostam de viajar e descobrir novas culturas.

Em abril de 2015, em Londres, graças ao trabalho e à intuição dos fundadores, Fiore Masera e Riccardo Zampetti, o projeto da Flora Garments passa a ser realidade. Victoria Cheyne, gerente de conteúdo e comunicação do website diz que Flora Garments lhe permite 'levar o mundo com você, onde for'".

Publicidade
Publicidade

A ideia do projeto é exatamente essa: dar a possibilidade a todos de ter acesso às roupas e aos acessórios típicos de diversos países do mundo; produtos feitos à mão e escolhidos pelos fundadores por respeitarem a economia local e as tradições do lugar.  

Uma janela para o mundo, uma conexão entre as pessoas e histórias distantes. Histórias no sentido que não há maior presente do poder ouvir a história de outra pessoa, ao ser admitido aos rituais e às tradições que estão enraizados em culturas diferentes da sua. "Quisemos replicar esse sentimento de proximidade e partilha que percebemos com as pessoas que conhecemos durante nossas viagens", disse Fiore Masera.

Flora Garments no Kickstarter: até 18 dezembro

"Embora a oferta de produtos de todo o mundo seja o que anima nosso projeto, é também o nosso maior desafio em termos de custos", disse Riccardo Zampetti.

Publicidade

É por isso que precisamos do apoio, inclusive econômico, daqueles que compartilham da mesma filosofia dessa iniciativa. Aqueles que desejam apoiar Flora Garments, podem fazê-lo no Kickstarter: há tempo até 18 de dezembro para recolher £ 20.000 (R$85.000). Quem vai investir no projeto não só permitirá à Flora Garments  expandir seu e-commerce para o Japão, a Coreia do Sul, o Peru, a Mongólia e a Ucrânia, mas também ajudará a apoiar o artesanato e as tradições desses países.

"Em um mundo dominado pelo consumismo e onde o dinheiro vale mais que a ética - diz o site da Flora Garments -. Tentamos preservar a beleza dos produtos da tradição, onde cada fibra é tecida com a história local". Esse é um conceito totalmente novo de produto, uma espécie de guardião da tradição. Uma iniciativa fora do comum e, por uma vez, com base em Valores com V maiúsculo. Valores e ideais que os fundadores da Flora Garments levam muito a sério, que os induziam a tornar-se parceiros do programa de caridade Where Rainbows Meet em Vygrond, cerca de 20 quilômetros de Central, em Cape Town. Aqui, Flora ajuda a difundir educação e informação, onde a violência, abusos e crimes são o pão cotidiano.

Às vezes, talvez, a humanidade e os negócios podem andar de mãos dadas.