O imaginário feminino já não consegue viver sem a sua chapinha. Aliás, deixar a chapinha esquentando já faz parte do dia-a-dia de muitas mulheres. No entanto, o contacto constante do produto com os nossos fios faz com que eles fiquem secos, frágeis, e quebradiços. E nenhuma mulher quer isso, certo? Mas não se preocupe. Esse problema vai deixar de existir na sua listinha de preocupações. Sabe porquê? Por que surgiu uma nova tecnologia neozelandesa que promete não só definir os lisos e os cacheados, como garantir que suas madeixas fiquem saudáveis e bem nutridas. 

Inverse é como se chama a novidade e, sabe o que mais? Apesar do formato parecer igual a uma chapinha tradicional, ela trabalha a temperaturas abaixo do zero.

Publicidade
Publicidade

Ficou confusa?! A Blasting News explica tudo sobre o produto!

A chapinha que está causando o maior burburinho na internet promete revolucionar os cabelos das mulheres. Segundo a marca, a queratina do cabelo responde melhor a baixas temperaturas. Consequentemente, fibra capilar retém mais nutrientes deixando, assim, os cabelos mais fortes. Em vários pontos ela promete ser o novo melhor amigo do imaginário feminino. Por exemplo:

  • Graças a um sistema magnético que deixa a chapinha congelada durante duas horas (aproximadamente), a Inverse permite, assim, que não se perca a humidade natural que está no interior dos nossos fios - que é super importante para se manterem hidratados;
  • A marca também garante que o uso constante do produto proporciona uma maior revitalização dos cabelos;
  • Além disso, quem tem aquele tipo de cabelo que não ficam lisos nem enrolados, o uso da chapinha Inverse promete deixá-los definidos e com uma aparência mais uniforme.

Entenda mais sobre a chapinha "Frozen" e assista ao vídeo:

Parece bom demais para ser verdade.

Publicidade

Mas, até agora, e sem termos testado, só encontramos dois pontos negativos: 1) A chapinha não serve para alisar. Ela apenas define os seus fios consoante o formato natural deles. Se o seu cabelo é liso, ele deixará mais liso ainda. Mas se ele for encaracolado, ele alinhará os fios com o formato espiral dos cachos - deixando-os mais abertos. Veja alguns exemplos clicando na foto do artigo.

2) Segundo a UOL, a chapinha ainda não é vendida no Brasil, apenas na Nova Zelândia e Austrália. Ela custa US$ 249 e qualquer pessoa pode adquiri-la no site oficial da marca. #Beleza #Curiosidades #Conectados