Observando os novos padrões de #Beleza, percebi que a modinha do momento é ser peluda, isso mesmo, nada de se depilar! Esses dias li uma entrevista onde a guria entrevistada dizia que sempre foi gordinha, usava óculos e aparelho nos dentes e, por estar fora dos padrões de beleza impostos pela sociedade, resolveu deixar os pelos crescer, não se depila mais e se sente muito bem com isso, ao natural. Algumas famosas também adotaram essa #Moda e estão desfilando por aí com seus pelos à mostra. Me pergunto: será que estão de mal com o mundo? Sofrem de baixa autoestima? Adotaram um estilo de vida? Simplesmente querem chamar a atenção? Ou é pura falta de higiene mesmo e preguiça de se depilar? Sinceramente não sei...

Publicidade
Publicidade

Ser gordinha, usar óculos e aparelho nos dentes, pode não ser o perfil de beleza que todos os homens procuram, apesar de que, o que mais existe por aí é esse perfil, principalmente entre os jovens.  Agora, não se depilar, na minha opinião, é muito relaxamento da parte feminina. Imagina você levantar o braço para dar um tchauzinho e aquele chumaço de pelos lá! Não só vai chamar a atenção, como também espantar qualquer um! E no verão?!  Sim, pois no verão suamos bem mais do que o normal. Sem contar no resto do corpo não depilado, isso, com certeza, não é padrão de beleza. Respeito o estilo de vida, de beleza que cada um escolhe para si, mas a higiene pessoal é fundamental para a autoestima, saúde e convivência com outras pessoas.

Eu, particularmente, não acredito e nem levo ao pé da letra essa questão toda de “padrão de beleza”.  O que realmente existe é autoestima ou baixa autoestima, adotar a moda do momento ou não.

Publicidade

O que é certo ou errado nesses padrões de beleza que levam as mulheres fazer todos os tipos de coisas inusitadas? Há pouco tempo, tivemos a moda das loiras platinadas. Algumas amigas com cabelo escuro mudaram para loiro platinado, que não ficou nada bonito, mas, e daí, estavam seguindo o padrão de beleza!  E o "boom" do padrão plus size de beleza? Teve muita gente magra comento latas e mais latas de leite condensado para ficar gordinha. Acreditem, isso aconteceu! E também não posso deixar de mencionar a fase da “mulher fruta”, academias lotadas pra ganhar massa muscular e ficar grandona, mulheres colocando uma quantidade absurda de silicone nos peitos, bumbum, coxas... Podemos dizer que o padrão de beleza dessa época era uma salada de frutas!

Não importa se você é branca ou preta, magra ou gorda, depilada ou peluda, o que realmente importa é gostar de si mesmo. Sei que, às vezes, nosso espelho é cruel, nos mostra verdades que nem sempre queremos ver ou saber, é sincero demais. Temos que optar pela felicidade e vergonha na cara, não para adotar um padrão de beleza que todos esperam, mas para gostar da escolha de quem decidimos ser, de corpo, alma e coração, se tiver um pouco de inteligência e autoestima também ajuda! Eu não estou dentro dos padrões de beleza e não entro na pilha das modinhas, não sou magra nem gorda, nem alta nem baixa, costumo dizer que sou normal, nem pior e nem melhor do que qualquer pessoa desse mundo, mas tenho algo importante a meu favor, não sofro de baixa autoestima, sou muito mais EU em tudo!