Toda #Mulher quer se sentir maravilhosa, ter o seu momento de “estrela”, então, neste contexto a sessão de fotos em estilo #boudoir vem ganhando cada vez mais forças.

O nome, que é de origem francesa, remete aos quartos secretos onde as senhoras faziam as suas maquiagens, se vestiam e arrumavam os cabelos. Ou seja, elas queriam ficar sensuais, o que é o objetivo das fotografias deste estilo. E nesse contexto entram as noivas, que assim como outras mulheres, buscam nesse estilo de “book” uma maneira de colocar para fora toda a sua sensualidade, provando que todas podem ser lindas e ter a autoestima nas alturas. E em uma época em que bate a insegurança, aquele momento “pré-#Casamento” onde elas ficam estressadas ou com medo de que algo dê errado, nada melhor do que sentir-se poderosa.

Publicidade
Publicidade

 Muitos confundem com nudez, mas elas não mostram, apenas insinuam. É uma linha tênue entre o nu e o sexy, talvez por isso exista este mal-entendido, explica a diretora da Galeria dos Eventos, Glau Lima, que há mais de dois anos atende este público.

Qualquer mulher acima de 18 anos pode ser “celebridade” em seu álbum de boudoir. E a fotógrafa ressalta que muitas tem procurado pelos seus serviços para darem aos seus noivos e maridos. Esse é um presente diferenciado, pois os homens estão acostumados a verem outras mulheres e não imaginam que tem um ‘avião’ dentro de casa, que também pode ser capa de uma revista. Então, além de estimular e apimentar a relação, eles vão perceber que sua  mulher não perde para nenhuma outra em nada.

Poses e personalidade nas fotos

Cada uma é única, por isso, além das características físicas, a individualidade também fica embutida em cada “click”.

Publicidade

Sendo assim, Glau diz que as poses ficam por conta da própria cliente, que nada é combinado, pois é quem está sendo fotografada que sabe o que quer ressaltar. Sobre os itens para compor o cenário e até mesmo o look dela, também vai depender da sessão, mas  uma calcinha diferenciada e um belo par de saltos alto resolve muita coisa.

Quanto à personalidade, a maioria quer ser ela mesma nas fotos. Porém, algumas desejam algo a mais. E aí a fotógrafa dá uma sugestão. “O que podemos fazer é criar um personagem. Neste caso, eu ouso em dizer que  ela é um tipo de mulher específica e faço as fotos em cima disso. Mas, independentemente dela ser ‘original’ ou criar este lado fictício, todo trabalho é único, exclusivo e eu vou tirando sempre o melhor lado delas”.

Toda mulher é linda!

As sessões podem durar de duas a quatro horas, serem feitas em estúdio ou em locais externos, mas o que importa mesmo é que toda mulher pode fazer. A profissional lembra que muitas dizem não ter coragem por estarem acima do peso ou se acharem velhas demais para isso, porém, não existe biótipo ou estereótipo que não possa ser explorado.

Publicidade

A dica é: você é linda assim porque foi Deus quem te fez! Toda mulher é sexy, não existe mulher que não tenha sensualidade. Pode  ser no jeito de olhar, na maneira de pegar no ombro ou prender os cabelos, nos lábios carnudos, na feição delicada ou nos traços fortes, ou seja, todas tem atributos bonitos. E para as gordinhas, como disse o Rei Roberto Carlos, ‘Quem  foi que disse que tem de ser magra para ser formosa?’. Deixe o boudoir mostrar o quanto você é maravilhosa. Além de levantar a sua autoestima, com certeza o seu relacionamento nunca mais será o mesmo!”.