As tendências de moda vão e voltam com tanta rapidez que fica difícil de acompanhar tudo. Normalmente, elas não passam de uma reutilização ou de uma releitura de algo que já se usava no passado. Mas algumas são tão originais - e excêntricas - que beiram o inacreditável. Da cidade de Durango, no México, por exemplo, vem uma novidade pouco convencional. Tem sido um sucesso entre as clientes do salão Miss Uñas decorar as unhas com escorpiões. Isso mesmo, escorpiões! Para piorar, a espécie do artrópode utilizada é venenosa. Trata-se de um tipo de escorpião que pode em no máximo 15 minutos matar uma pessoa com o seu veneno. Ainda assim, muitas clientes tem pedido às manicures do referido salão para enfeitar suas unhas com filhotes dessa espécie.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, um detalhe importante deve ser ressaltado: não são usados escorpiões vivos para esse propósito. Fazendo-se uso de um inseticida especial, os escorpiões são previamente mortos quando ainda filhotes. Isso não significa dizer que não seja necessário cuidado. Esses escorpiões continuam liberando veneno durante certo tempo, ainda depois de mortos. Isso demanda atenção e cautela no manuseio deles.

Lupita Garcia, designer de unhas do salão Miss Uñas e admiradora de escorpiões, explica que a ideia da nova tendência teve origem em uma brincadeira no salão, sobre a possibilidade de se desfilar nas ruas com escorpiões. Ela afirma que não concorda com o pensamento geral de que os escorpiões devem ser temidos. A designer busca sempre novos modos de aperfeiçoar e inovar a sua arte com escorpiões, pois considera que eles possuem uma #Beleza especial.

Publicidade

Pesquisas apontam que os escorpiões foram os primeiros artrópodes a conquistar o ambiente terrestre. Os primeiros registros científicos sobre a existência deles datam de mais de 400 milhões de anos. Em todo o #Mundo, já há cerca de 1600 espécies e subespécies catalogadas de escorpiões, sendo distribuídas em 116 gêneros diferentes. Esses artrópodes estão presentes em todos os continentes do mundo. #Bizarro