Os produtos comprados na promoção da lojinha da esquina ou em sites gringos, trilham um caminho longo até chegar a você. Como se trata de uma indústria milionária, muitas vezes o faturamento pode estar à frente de qualquer bem estar que a maquiagem possa trazer.

Se por um lado os produtos são utilizados por pessoas de todas as etnias e nacionalidades para esconder imperfeições da pele, realçar a #Beleza natural e até mesmo criar os mais diversos efeitos artísticos, por outro, nem tudo é glamour no mundo da #Maquiagem! Muitas coisas estão envolvidas desde a concepção de um produto até o momento em que ele fica disponível para você comprar.

Publicidade
Publicidade

E acredite, algumas coisas podem deixar você de cabelo em pé! 

Maquiagens e suas bizarrices

Restrições maleáveis

Você gosta das maquiagens importadas dos Estados Unidos? Está na hora de saber que por lá não existem restrições realmente rígidas sobre esses produtos. Como não se trata de alimentos ou medicina, o órgão regulador de produtos industrializados voltados ao consumo humano, o Food and Drug Administration (FDA) não verifica os materiais que são utilizados pela indústria de maquiagem. Isso pode significar que coisas não permitidas em alguns países - como parabenos e óxido de etileno - podem estar presentes naquela sua paleta de cores incríveis, que você jura que tem mais qualidade que os produtos nacionais.

Produtos não verificados

Outro detalhe é que o FDA não tem autoridade para aprovar ou verificar produtos.

Publicidade

O que ocorre é que a indústria cosmética americana tem "responsabilidade legal" para se certificar de que seus produtos são seguros.  

Será que é seguro?

De acordo com o site Interesting Things, 80% dos produtos de maquiagem "não foram testados para saber se seu uso é seguro". E quando se fala em produtos não testados, isso significa que não houve um acompanhamento por amostragem em humanos. 

'Fragrância' pode realmente ser qualquer coisa

Quando você começa a ler a lista de ingredientes em um cosmético e se depara com o item 'fragrância' isso pode significar qualquer coisa. Pode ser algum produto químico desenvolvido em laboratório, o extrato de uma flor ou o óleo extraído de algum animal ou planta.

Outro uso para ‘orgânico’

Mais uma das #Curiosidades é que no mundo da produção em massa, se uma coisa possui 3% ou menos de extrato natural e 97% ou mais de químicos e aditivos, essa coisa pode ser considerada orgânica. 

Sem testes em animais, será?

Atualmente é muito comum encontrar um produto "não testado em animais", o chamado "cruelty free" (livre de crueldade).

Publicidade

Mas esta é uma verdade parcial. A verdade é que todas as substâncias precisam ser testadas em animais antes de serem direcionadas a produtos humanos. Acontece que quando uma empresa fabrica uma maquiagem, ela pode optar por utilizar produtos que já foram testados em animais.

Além disso, também existe a opção de comprar fórmulas terceirizadas. Ou seja, a empresa A cria uma nova fórmula para um hidratante utilizado na produção de batom; faz testes em animais para verificar as implicações dessa nova substância e tem os resultados em mãos.

Então, a empresa B compra essa nova fórmula da empresa A, e decide por não fazer novos testes em animais. Porém isso não significa que a nova fórmula seja 100% "cruelty free".

É química 'pra mais de metro!'

Em uma super produção, quando você "taca na cara"  base, contorno, corretivo, iluminador, pó, blush, 3 tons de sombra, delineador, lápis de olho e máscara de cílios, você tem cerca de 515 substâncias químicas diferentes na pele!