Publicidade
Publicidade

No cotidiano, procuramos sempre tratar o cabelo da melhor forma possível. No entanto, os cuidados acabam diminuindo quando se está em momentos de lazer, como em uma viagem, por exemplo. Para dar uma ajuda, vamos ensinar como proteger seu cabelo dos efeitos da água salgada.

Antes de qualquer viagem em família à praia ou algum lugar que tenha piscina, assegure-se de sempre carregar uma garrafa de água mineral. Este item é importantíssimo para manter o cabelo hidratado, tendo em vista que há diversos agentes nocivos no mar e no cloro.

O que usar?

Como dito anteriormente, usar água mineral ajuda a manter a cabeleira hidratada.

Publicidade

No entanto, só o uso dela não garante a eficácia total contra o sal. Para evitar o ressecamento, é sempre bom usar um kit reparador, antes de entrar em contato com o mar. As empresas, às vezes, recomendam o uso do kit completo, mas nem sempre isso se torna uma obrigatoriedade.

Para fortalecer o combate ao ressecamento e quebra dos fios, pode-se também usar o leave-in. Com a tecnologia dos produtos atuais, a indústria passou a colocar filtro solar em algumas marcas. Por este motivo, recomenda-se o uso exclusivo dos itens que possuem este tipo de proteção.

Como usar?

Há dois tipos de pessoas: as que vão à praia para passear, e as que estão a trabalho. Quando nos encontramos na segunda situação, fica difícil manter o cronograma de cuidados com o cabelo. Mesmo que você possua os produtos citados anteriormente, pode ser que não haja tempo (ou disposição) para fazer todo o processo.

Publicidade

Embora pareça um tratamento complicado e desgastante, usar o básico para manter o cabelo sempre hidratado, já consegue resolver parte do problema. O leave-in, por exemplo, deve ser usado antes de se expor ao sol. Caso você entre em contato com a água do mar, procure amarrar a cabeleira.

Outras dicas

Geralmente, o público que mais tem problemas com cabelo, é o feminino. A longa cabeleira dificulta a secagem e, em alguns casos, faz-se necessário o uso do secador. Este último, inclusive, torna-se um grande inimigo das mulheres se usado após o contato com a água do mar. É recomendável deixar os fios secarem naturalmente.

Para evitar dores de cabeça com seborreia e/ou caspa, procure sempre manter o cabelo e couro cabeludo limpos. Caso você prenda o cabelo antes da secagem total, há chance de um grande número de bactérias se acumularem, ocasionando os problemas acima.

A cabeleireira Simone Cardoso, profissional que está há mais de 20 anos no mercado, recomenda o uso da máscara de Baobá. Caso seu cabelo já esteja quebradiço, o produto trará de volta a água para os fios, graças ao seu poder de umectação. Ele deve ser usado uma vez por semana, durante 30 dias. Após, a cada 15 dias #ProtegerSeuCabelo #Beleza